PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Verme de gato faz mal para humanos?

Autor: Carolline Guarche
Categorizados em: Gatos Saúde
Verme de gato faz mal para humanos?

O verme de gato é considerado uma zoonose, ou seja, é uma doença que pode ser transmitida dos animais para os humanos.

É muito importante entender como a doença nos atinge e o que fazer para impedir.

Verme de gato passa para humano?

Sim! Cada verme é transmitido de alguma forma. Normalmente, eles passam através das fezes ou objetos contaminados.

Verme de gato:

Existem alguns tipos de vermes que podem ser transmitidos para humanos e cada um age de forma diferente no organismo:

Lombriga:

A lombriga é responsável por alterar o sistema digestivo, se reproduzindo no intestino.

O animal que foi contaminado, entrou em contato com fezes que continham os ovos do verme. Com o tempo, as larvas começam a se reproduzir e os sinais aparecem.

A doença é mais comum em crianças, já que elas acabam brincando e levando as mãos sujas à boca.

Bicho geográfico:

Conhecida como larva migrans cutânea, o bicho geográfico age como a lombriga, eliminando as larvas no intestino do gato. A transmissão ocorre quando a pele entra em contato com as fezes contaminadas, o que causa lesões.

Teníase:

Além da ingestão de algo contaminado, a tênia, como é conhecida, pode ser transmitida através das pulgas. Ela se reproduz no intestino e os sinais começam a aparecer.

Assim como a lombriga, a doença é comum em crianças, que levam as mãos sujas à boca.

A teníase causa uma infecção intestinal, fazendo com que o portador perca peso, tenha diarreia, náuseas e outros sintomas.

Dirofilariose:

Conhecida como verme do coração, a dirofilariose é comum nas áreas litorâneas.

A doença é transmitida através de um mosquito hospedeiro, ou seja, que tem o parasita em si.

Diferente dos outros, a contaminação para os humanos não ocorre de forma direta, pois o mosquito precisa realizar a contaminação.

Mas, é importante vermifugar o gato, para que não haja a presença do verme.

Além disso, evite que seu gato entre em contato com outros animais e locais já contaminados.

O gato é apenas a vítima, assim como nós. Além disso, essas patologias são fatais, por isso, vá ao médico e leve o bichinho ao veterinário.

Como evitar?

Troque regularmente a areia do gatinho, sempre tomando cuidado ao manusear as fezes.

Lave sempre as mãos e o local onde o gato tem o hábito de ficar.

Fique sempre atento a saúde dos felinos e, em qualquer alteração, leve-o ao veterinário. A vermifugação é muito importante.

Além disso, fique sempre de olho nos locais que podem estar contaminados, evitando assim o contato.

É importante também tomar o vermífugo a cada 1 ano, pelo menos! Assim você garante a sua saúde e a do pet.

Já falamos mais sobre os vermes, Confira!

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha