PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Seu cachorro tem TOC?

Autor: Carolline Guarche
Categorizados em: Adulto Cachorros Quer mais 1 Saúde Senior Tem pet
Seu cachorro tem TOC?

O TOC – Transtorno obsessivo compulsivo é caracterizado por repetições de certos comportamentos e é muito conhecido entre os humanos.  O que pouca gente sabe é que os cães podem ter TOC também.

Cachorro com TOC

Um estudo realizado pelo Instituto Broad da Universidade de Harvard, desde 2014, mostrou que o comportamento canino é muito similar ao dos humanos, apesar disso, a doença se manifesta de maneira diferente do que é conhecido por nós.  Ele pode perseguir o próprio rabo ou sombra constantemente e até chupar o cobertor como se fosse uma chupeta.

Como identificar?

Perseguir o rabo, ações repetitiva e mastigação da pata por horas são algumas atitudes de um cão com TOC. A ansiedade provoca o desenvolvimento do comportamento repetitivo, proporcionando um alívio temporário. Essa prática vai se agravando e, nos piores casos, o pet só para quando dorme.

Como tratar?

Se você já identificou o problema, fica mais fácil tratar! Mudanças de hábito podem ajudar seu amiguinho a melhorar mais rápido. Se você fica o dia todo fora, deixe brinquedos inteligentes, para seu cão se entreter.

Mora em apartamento? Passeie, pelo menos, duas vezes ao dia com seu cão, leve ele para brincar em parques e praças sempre que possível. Nunca deixe ele preso em algum cômodo ou acorrentado.

Este mesmo estudo está desenvolvendo outros tipos de tratamento para os pets. Em casos extremos, como animais se machucando, é importante levá-los ao veterinário. Além disso, existem opções naturais que funcionam, como os florais, mas, em qualquer sinal estranho procure o  veterinário!

Existe uma raça mais propensa?

Algumas raças têm uma predisposição para desenvolver este tipo de comportamento, como o Border Collie, Boxer e o Boiadeiro Bernês. Mas qualquer animal pode ter TOC se for deixado sozinhos em um apartamento, por exemplo. Além disso, alguns cães com alimentação pobre em vitaminas e minerais também podem desenvolver ser um alvo do transtorno.

Já falamos sobre Terapia Floral em pets, Confira!

Cadastrando o seu E-mail na nossa newsletter você recebe conteúdos exclusivos

Confira nossos serviços de veterinário! 

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha