PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Gato com dor? Saiba como descobrir!

Autor: Carolline Guarche
Categorizados em: Adulto Comportamento Gatos Saúde Senior Tem pet
Gato com dor? Saiba como descobrir!

Muitas pessoas acreditam que os felinos são resistentes à dor, por causa do mito de que possuem 7 vidas. O que acontece é que eles são ótimos para disfarçar a dor, por isso é importante aprender a identificar os sinais de que seu bichano não está bem para para reduzir o sofrimento dele. Confira dicas de como identificar os sinais e como ajudar o seu gatinho:

Como saber se o gato está com dor?

A primeira dica, que vale para toda vida, é sempre estar observando o gato. Como o comportamento felino é muito difícil de decifrar, observá-lo com atenção desde cedo irá facilitar que você conhece seus hábitos e saber quando algo está diferente. Alguns tutores não percebem a dor do bichinho, por acharem se tratar apenas de um comportamento decorrente de velhice. Então, abra o olho!

Sinais de dor associados com a artrose

Se o gatinho costumava pular pela casa e de repente ficou mais quietinho, pode ser que a estripulia esteja causando dor a ele. É importante prestar atenção a esse tipo de sinal, pois pode indicar que seu gatinho está com dor por artrose.
A artrose é uma das principais causas de dor nos gatos, uma patologia que provoca o desgaste na cartilagem das articulações.

Como saber se o meu gato tem dor por artrose?

O felino com dor irá ficar diferente. Por exemplo: o gato que costumava pular muito, irá começar a ficar mais quieto e não fará mais a atividade. Por isso, assim que você perceber qualquer mudança, vá ao veterinário.

Gatos com dores na barriga

O organismo dos felinos possui proteções, assim como o nosso, então irá combater qualquer corpo estranho que tenha contato. Seja um alimento estragado, vermes, bactérias ou protozoários. Uma forma que o organismo se protege desses corpos estranhos é através da diarreia, que também protege a mucosa intestinal, expulsando o que está fazendo mal ao bichinho.

Se a diarréia passar em poucos dias, pode não ser nada muito preocupante, mas se ela permanecer por muito tempo e o apetite do bichano se alterar, é um sinal de alerta. Por isso é sempre importante prestar atenção no comportamento do seu pet.

Leve-o ao veterinário assim que perceber essas alterações no comportamento e hábitos.

Gato com dor na coluna

As dores na coluna podem ser muito comuns conforme o gatinho envelhece, assim como nos seres humanos né? Porém, alguns outros fatores fora a velhice podem causar esse tipo de dor.
Gatos obesos, que sofreram traumas ou com má formação genética podem sofrer com dores nas coluna. Hérnia de disco e artrose vertebral (popularmente conhecida como bico de papagaio), também causam dor no felino.
Observe se seu gatinho está mais quieto e se andam evitando movimentos bruscos. Pode ser sinal de que ele está evitando piorar a dor.
Geralmente, eles arqueiam mais a coluna quando sentem dores muito intensas, o que altera o seu apetite (quem gosta de comer com dor?)

Dor de ouvido em gato

Dor de ouvido é sempre ruim! Pros bichanos também. Em geral, dor de ouvido é sinal de otite (inflamação do ouvido médio), que pode ou não infeccionar.
Por isso, tome sempre cuidado. As causas da otite são diversas. Pode ser causada por contaminação por fungos ou bactérias, e até mesmo parasitas.
Excesso de umidade ou de cera, ou algum objeto estranho que entre no ouvido do gatinho podem causar a inflamação. Por isso, mantenha a higiene das orelhinhas do bichano em dia e, também, os locais por onde ele transita.
Os sinais de que seu gatinho está com dor de ouvido podem parecer fofas no começo, como quando ele fica colocando as patinhas na orelha como se quisesse tampar os ouvidos.
Por isso, é importante estar atento ao comportamento do bichano. Se ele estiver arrastando o ouvido no chão ou nas paredes, bandeira vermelha. Leve-o ao veterinário, pois é sinal de que a dor está muito forte.

Comportamento do gato com dor

Não querer se mover

Assim como a gente, os bichinhos tendem a ficar mais parados quando estão com dor.

Fezes fora da caixa de areia

Esse problema é decorrente do primeiro. Como os gatos vão ficar mais quietos por causa da dor, irão diminuir a ida à caixinha de areia e podem fazer as necessidades em outros lugares.

Muito tempo deitado

É muito comum que os gatinhos com problemas de artrose fiquem muito tempo deitados. Como gatos dormem de 14h a 16h por dia, tendemos a não ligar muito pra esse tipo de comportamento. Mas, é sempre bom ficar de olho, pois ficar muito tempo deitado pode ser um sinal de dor.

Falta de higiene

Felinos são super limpos, por isso é de se estranhar quando a limpeza diária diminui. Os bichanos tendem a se banhar menos,
por causa das dores. Viu? Uma pequena alteração no comportamento pode ser um grande sinal.

Não marca território

Os gatinhos costumam marcar território com as unhas e esfregando o rostinho, mas a mudança deste comportamento pode ser um sinal de dor.

Membrana branca no olho

Os bichanos possuem uma “terceira pálpebra”. É uma membrana esbranquiça da que não aparece em condições normais. Mas, quando o gato está com dor, é possível vê-la nos olhos do pet.

Excesso de saliva

As alterações na boca podem representar o sofrimento no gato. Muitas vezes o felino mantem um comportamento tecnicamente igual, mas a constante salivação pode ser um sinal de dor.

Agressividade

Qualquer animal com dor costuma ficar mais agressivo, não é diferente nos gatos. Esse comportamento é decorrente do estresse que a dor causa. Se seu gatinho tenta te morder ou arranhar na hora do carinho, é um sinal de que ele está com dor e não quer ser tocado. Se ele sempre foi muito carinhoso e tem se mostrado arisco, leve-o ao veterinário. Pode ser sinal de dor.

Miar muito

Como os gatinhos não falam, de alguma maneira eles precisam comunicar que estão com problemas. Por isso é normal que eles miem mais, sem motivo aparente, quando estão com dor.

Posições que diminuem a dor

Os gatos procuram por posições que diminuem a dor. Quando são mais intensas, os felinos costumam ficar mais curvados ou mais esticados.Preste atenção se seu felino tem ficado em alguma posição que antes não era comum.

Existem outros sinais que podem indicar que o seu pet está sentindo dor?

Mancar

Se o seu gatinho andava normal e passa a mancar, é sinal de que há algo de errado.Mancar pode ser sinal de distúrbio nos ossos, músculos ou articulações, ou alguma lesão em alguma patinha.

Movimentos anormais

Os gatinhos com dor podem começar a ter movimentos estranhos. Isso pode ser uma forma de minimizar a dor em algum local.

Reação ao toque:

A agressividade pode ser uma forma de mostrar a dor

Esconder-se

É normal que os gatos sejam tímidos, mas quando sentem dor podem esconder-se com mais frequência. Escondem-se apenas de pessoas que já estão acostumados. A principal dica é: fique sempre de olho para qualquer alteração no comportamento do seu bichano.

Falta de apetite

É comum que, quando com dor, os gatos não comam muito. Se o seu gatinho perdeu o apetite, é importante levá-lo ao veterinário, pois a falta de alimentação pode ocasionar em outros problemas.

Os animais mostram com pequenos detalhes, por isso é tão importante verificar qualquer mudança de comportamento.

Já falamos sobre a agressividade dos gatos, Confira!

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha