PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Fungos: conheça o tratamento em pets

Autor: Carolline Guarche
Categorizados em: Cachorros Gatos Saúde Tem pet
Fungos: conheça o tratamento em pets

Os cães e gatos estão constantemente vulneráveis a várias doenças, e as infecções por fungos estão dentre as mais comuns. Atualmente, existem diversas soluções disponíveis no mercado. Mas, também, podem ser evitadas facilmente. A dermatite fúngica é um tipo de patologia muito contagiosa, onde algumas espécies de fungos podem ser passados dos pets para os humanos e vice-versa.

Por que os Fungos aparecem?

Os fungos já estão presentes nos animais. O problema acontece na reprodução exagerada, isso geralmente ocorre nas partes mais escondidas do pelo, onde não há muita movimentação, como as orelhas, cauda, rosto e barriga.

Tipos de Fungos:

Existem diversos tipos de fungos que podem causar problemas aos pets. O Malassezia sp, que é o caso mais comum, está associado a outro problema de pele de fator bacteriano ou alérgico. Mas, fique atento, alguns deles podem até matar o animal. Como é o caso do Sporothrix schenckii, que causa um problema chamado de esporotricose em gatos. Popularmente conhecida como doença da roseira.

Causas:

Exposição à umidade e ao calor; Alergias a pequenos parasitas que estimulam o crescimento do fungo, picadas de mosquitos, pulgas e outros parasitas; Hipersensibilidade e outras disfunções na pele; Problemas nutritivos decorrentes de uma má alimentação; Uso prolongado de corticoides; E desordem do sistema endócrino que atrapalha na produção natural dos hormônios.

Sintomas:

Apesar de aparecerem em algumas partes específicas, nenhuma parte do corpo do pet está segura. As Infecções por fungos costumam ter um comportamento atípico. Os sintomas incluem irritação e vermelhidão na pele; Queda de pelos anormal; Feridas; Pele oleosa que pode causar mau cheiro; E problemas psicológicos, como depressão.

Além disso, o pet pode começar a se coçar descontroladamente; morder, lamber e esfregar a parte afetada; E outras mudanças de comportamento.

Nas patinhas:

É comum encontrar as infecções por fungos nas patinhas dos pets. Isso porque eles costumam lamber muito essa região.

Tratamento:

O tratamento deve ser feito o mais rápido possível e, felizmente, é bem fácil tratar. Em geral, consiste em eliminar a causa da reprodução exagerada dos fungos, aliviar os sintomas de desconforto e identificar e tratar qualquer predisposição para o desenvolvimento do problema.

Feitos com o acompanhamento do veterinário, podem incluir medicamentos, pomadas, sprays, cremes ou loções; Em alguns casos, pode ser utilizado o shampoo. Normalmente, o tratamento leva algumas semanas.

Tratamento caseiro:

Não há uma cura com esse método, mas pode retardar a doença. O vinagre e o iogurte são excelentes opções. No caso do vinagre, misture a solução com água e pulverize nas regiões onde apresenta a infecção. O iogurte deve ser sem sabor, e pode ser misturado com o alimento do pet.

Por isso, mantenha os pelos dos pets sempre limpos e cuidados, com o uso de escovas para pelos, produtos anti pulgas e carrapatos e, ao notar qualquer sinal de alteração na pele do pet, leve ao médico veterinário.

Já falamos a Febre Maculosa, Confira! 

— veja abaixo o resultado da busca ou refine sua pesquisa no painel esquerdo—

Filtrar
280 resultado(s)
85 resultado(s)

Qual dos FILTROS você quer usar?

Qual a faixa etária do pet?

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha