PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Conjuntivite em cachorro: saiba como identificar e tratar

Autor: Nathalia Perone
Categorizados em: Cachorros Quer mais 1 Saúde Tem pet
Conjuntivite em cachorro: saiba como identificar e tratar

Provavelmente você já ouviu falar da conjuntivite alérgica e sobre como ela pode danificar nossos olhos e é contagiosa. Este quadro não é diferente na vida dos nossos cãezinhos. A conjuntivite canina é uma das doenças mais comuns na vida dos bichinhos.

Para eles, o problema pode ser muito incômodo e é difícil de ser identificado quando se está no início. Isso pode tornar o caso mais agravante no futuro, pois o avanço da doença pode deixar os sintomas mais fortes e mais complexos.  Em último caso, pode resultar até mesmo em cegueira.

Mas não se preocupe. Nós vamos contar tudo o que você precisa saber para agir diante da conjuntivite em cachorro. Dá só uma olhada!

O que é a conjuntivite em cachorro

O olho possui uma membrana mucosa transparente que cobre a parte interna da pálpebra e a esclera (parte branca do olho). Esta membrana é chamada de conjuntiva e é responsável por proteger nossos olhos. Quando ela inflama, temos a conjuntivite.

Embora possuam sintomas muito parecidos, não existem chances de contágio entre cães e humanos. Quando a inflamação for causada por bactérias, um cão pode transmitir para outro.  Por isso, enquanto não souber a causa do problema, devemos manter o cachorro longe de outros animais.

Fatores que causam conjuntivite em cachorros

Existem diversos fatores que podem influenciar na saúde dos olhos do seu cachorro: olhos ressecados, uma lesão ou trauma por pancada na região dos olhos, contaminação por fungos, poluição, entre outros. É muito comum que, durante os passeios de carro, o vento no rosto pode trazer bactérias aos olhos do cachorrinho também.

Outra causa comum é o contato do pet com algum produto de limpeza, substâncias tóxicas e corpos estranhos que podem entrar no olho –poeira, por exemplo.

Sinais de que o cachorro está com conjuntivite

No início da doença, os olhos do cão ficam irritados. Este importante e discreto sinal passa despercebido pela maioria dos tutores. Com o decorrer do tempo, os olhos do doguinho poderão apresentar vermelhidão, inchaço e alta produção de remelas.

Ele também poderá sentir dificuldade para manter os olhos abertos, dores na região dos olhos, sensibilidade à luz e bastante coceira. Dependendo da gravidade, a conjuntivite pode levar à cegueira.

Ao identificar os sintomas, é essencial que um veterinário seja consultado e o tratamentos seja seguido à risca para evitar possíveis complicações e aliviar os sintomas.

Cachorro com conjuntivite: colírio e outros tratamentos

O tratamento da doença é feito com a lavagem dos olhos por meio de colírio ou soro fisiológico. Em alguns casos, é necessário combater a inflamação com antibióticos. Vale ressaltar que cada caso requer uma solução específica de acordo com a causa da inflamação.

Em situações mais avançadas, o veterinário poderá direcionar o cão para um oftalmologista veterinário. Assim, serão feitos exames específicos para identificar a causa e o tratamento adequado.

Independente do quadro, é necessário consultar um especialista. Medicar o cachorrinho com qualquer colírio não resolverá o problema. Pelo contrário, poderá retardar o tratamento e, consequentemente, agravar a situação.

Conjuntivite Canina: como prevenir

Para prevenir qualquer problema, é importante manter os olhos dos pets higienizados. Para isso, pode ser usado soro fisiológico para retirar sujeira ou remela. Além do mais, precisamos mantê-los longe de quaisquer substâncias que podem fazer mal ao organismo –produtos de limpeza ou, até mesmo, perfumes e cosméticos.

Também é importante que a visita ao veterinário seja constante. Assim, se for o caso, será possível identificar a doença antes de seu avanço. Além do mais, poderão ser evitados outros possíveis problemas de saúde que possam afetar o seu bichinho.

Tomando esses cuidados, diminuímos as chances de que o pet precise passar pelos sintomas inconvenientes da conjuntivite canina.

Você sabe como aumentar a imunidade do pet? Não? Então leia nosso artigo!

Conjuntivite em cachorro: saiba como identificar e tratar
autor

Nathalia Perone

Jornalista, apaixonada por animais. Mãe do terrível Nicolas (Nick para os mais íntimos), um poodle branco que é só amor. Em seu tempo livre, adora parques, uma boa conversa entre amigos e cantar no chuveiro.

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha