PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Como prevenir o câncer de mama em cães e gatos?

Autor: Nathalia Perone
Categorizados em: Cachorros Gatos Quer mais 1 Saúde Tem pet
Como prevenir o câncer de mama em cães e gatos?

O câncer de mama não é uma preocupação apenas dos humanos. Infelizmente, essa doença atinge, também, cães e gatos. Segundo levantamento do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (CRMV-SP), 50% dos casos da doença ocorre entre as fêmeas adultas, com idade entre 4 e 12 anos. Mas, apesar de raro, o câncer de mama também atinge os machinhos – por volta de 1% a 3%.

Nós vamos te ajudar a entender e prevenir o câncer de mama em cães e gatos!

Cachorros vs. Gatos

A doença é muito grave, tanto para os cães, quanto para os gatos. Porém, cerca de 50% dos tumores mamários diagnosticados em cadelinhas são malignos, enquanto esse número sobe para 90% nas felinas.

O câncer de mama, entre os cães, pode ter comportamento muito agressivo e, em alguns casos, pode evoluir para uma metástase (quando a doença se espalha para outros órgãos). Já nos felinos, a evolução pode ser ainda mais rápida e, em 80% dos casos, acaba culminando em metástase, pois, rapidamente a doença dissemina-se por meio do sistema linfático e pulmões do animal.

Prevenção do câncer de mama em cães e gatos

Da mesma forma que a mulher consegue realizar o autoexame das mamas, os tutores conseguem realizar o exame de palpação em casa. Aproveite o momento de descontração e brincadeiras com o pet para averiguar se está tudo bem.

O exame é muito simples: apalpe as mamas do pet, a fim de procurar nódulos. Se encontrar qualquer tipo de anomalia, é importante leva-lo ao veterinário o mais rápido possível. E lembre-se: nos felinos pode ser um pouco mais difícil, mas, não desista! Aos pouquinhos o gatinho vai ser acostumando com o exame e logo será mais fácil. Saiba aqui como fazer carinho no gatinho, para deixá-lo super a vontade!

Outros sinais aos quais os tutores precisam ficar atentos inclui inchaços no local, ferimentos, secreções incomuns que, na maioria das vezes, apresenta um forte odor. As peludinhas também podem sentir dor, então, sempre observe seu comportamento.

Castração

A castração é uma das principais formas de prevenir o câncer de mama em cães e gatos. Pois, um dos principais fatores de desenvolvimento do problema são os níveis dos hormônios estrógeno e progesterona, que são produzidos pelos ovários. Quando ocorre a castração, essa atividade cessa.

Além do mais, o procedimento evita variados tipos de câncer e outras doenças do sistema reprodutor da gatinha ou cadelinha, como por exemplo os tumores no ovário e útero e até mesmo infecções urinárias decorrentes.

E lembre-se: manter o checkup veterinário em dia é a melhor forma de prevenção da doença. Até porque, quando diagnosticado previamente, o câncer de mama pode ser tratado com muito mais chances de cura.

Saiba tudo sobre castração. Leia nosso artigo!

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha