PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Como aumentar a imunidade do cachorro?

Autor: Nathalia Perone
Categorizados em: Adulto Alimentação Cachorros Dicas FIlhote Quer mais 1 Saúde Senior Tem pet
Como aumentar a imunidade do cachorro?

Se o seu cãozinho anda ficando doente com frequência, talvez seja a hora de rever a alimentação e a rotina do pet, pois, esses hábitos impactam diretamente no sistema imunológico do animal, tornando-o mais forte ou fraco, de acordo com as condições em que ele vive. Mas, não se preocupe, iremos te ajudar, na prática, a maximizar a qualidade de vida e como aumentar a imunidade do cachorro. Fique com a gente!     

Cachorro com baixa imunidade

O corpo do cão possui um complexo sistema de defesa, que age protegendo-o de possíveis agentes externos, como bactérias, vírus e outros micro-organismos causadores de doenças. O colostro, primeiro leite materno que o filhote recebe, é um anticorpo fundamental para que o organismo do bichinho trabalhe suas defesas.

O sistema imunológico do animal é constituído por um conjunto de células de defesa, tecidos e órgãos que trabalham juntos para combater possíveis agentes causadores de doenças. Por incrível que pareça, os pelos e a pele também fazem parte desse sistema e atuam como barreiras superficiais. O baço é um órgão que também possui uma função fundamental para o sistema: filtrar o sangue e promover sua renovação.

Quando esse complexo agrupamento de funções não vai bem, seja por algum hábito do pet ou algumas condições pré-estabelecidas, o animal fica mais susceptível a adoecer.

Sintomas de imunidade baixa em cachorro

Doenças recorrentes, como a gripe canina, febre, apatia, falta de apetite, pelos opacos e com muita queda, unhas e dentes quebradiços, podem ser alguns dos sinais de o sistema imunológico do cachorro merece atenção especial e que talvez seja necessário algum tipo de intervenção veterinária para que ele fique mais resistente aos possíveis agentes externos.

Mas, precisamos entender que as defesas do animal são o que impedem que ele fique doente. Por isso, é muito bom sempre ficar atento a qualquer sinal de doenças infecciosas, por exemplo. Além do mais, a qualidade de vida do animal é um fator decisório para mantê-lo forte e saudável.

Como aumentar imunidade do cachorro

Lembramos sempre que para saber como anda o sistema imunológico do animal, é necessário a anamnese de um veterinário.  Entretanto, reforçar a saúde do animal é sempre muito importante. Vejamos:

Alimentação

A primeira coisa que é preciso observar é a fórmula da ração que o cãozinho está consumindo. Ela atende todas as necessidades diárias de vitaminas e outros nutrientes? Algumas rações são como placebos e, por mais que tragam a sensação de saciedade da fome do pet, podem não o nutrir de verdade. Veja aqui como escolher uma ração saudável para seu cachorro.

Além do mais, há outras formas de reforçar a alimentação do animal, como por exemplo através do consumo de carne vermelha. Cerca de 75% da alimentação dos cães deve ser proveniente de carne.  Por se tratar de um alimento natural, torna-se uma alternativa saudável. Saiba como preparar a carne para cachorro através do link.

Em última instância, os suplementos vitamínicos podem ser uma ótima forma de suprir algumas insuficiências vitamínicas do animal. Mas, nesse caso, é superimportante consultar um veterinário para verificar a possibilidade e encontrar a melhor opção para o pet.

Exercícios físicos

A prática de exercícios físicos é uma ótima forma de manter a saúde do animal em dia. Uma ótima forma de incentivá-lo a movimentar-se é através de brincadeiras e passeios. Mas, sabemos que com a pandemia, fica tudo mais difícil e, por isso, te aconselhamos que fique em casa e use o espaço possível para promover atividades com o amigão. Veja aqui as melhores brincadeiras para a quarentena.  

Estresse, depressão e ansiedade da separação

O fator psicológico do animal também impacta diretamente em seu sistema de proteção. De fato, transtornos como o estresse, a depressão canina e a ansiedade da separação podem abalar a imunidade do animal. Se o cachorro estiver agindo de forma diferente do habitual, como por exemplo desânimo incomum e até mesmo comportamento destrutivo, ele pode estar passando por alguma desordem psicológica, que pode ser avaliada pelo veterinário.

Esses casos são muito comuns quando há grandes mudanças de rotina na vida do animal, ou até mesmo quando ele passa muitas horas sozinhas. De todas as formas, quando esses fatores são agravados, levam a uma série de ações que impactam sua imunidade, como a falta de apetite.

A idade

Filhotes e idosos também podem apresentar uma certa fragilidade. No primeiro caso, o corpo ainda está passando pelo processo de formação e apenas o contato com o mundo exterior, boa alimentação e vacinas poderão fazê-lo ficar mais forte e preparado para os agentes externos. Já com o passar da idade, naturalmente, o corpo do pet passa a apresentar uma certa fragilidade. Nesse caso, o veterinário poderá analisar a melhor forma de diminuir essa vulnerabilidade.  

Histórico de saúde

Assim como nós, humanos, doenças pré-existentes e até mesmo o histórico da família podem influenciar em sua saúde por completo. Em casos de doenças que afetam diretamente o sistema imunológico, como a nesse acompanhamento intensifica-se. Verminoses também podem ser grandes responsáveis pela baixa imunidade do animal. Por isso, é essencial que o animal faça check-ups anuais no veterinário, para saber como andam as coisas.

Vacina

As vacinas são essenciais para a proteção do animal à determinadas doenças, pois, elas promovem maior proteção às doenças infecciosas muito conhecidas na veterinária, como a cinomose, parvovirose, raiva e até mesmo a coronavirose (que é completamente diferente do vírus SARS-Cov-2 e acomete apenas os animais). Por isso, seguir a risca a carteira de vacinação do animal é um ato de amor.

Quer saber tudo sobre vacinas? Leia nosso artigo!

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha