PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Saudades do meu pet!

Autor: Paula Semer
Categorizados em: Adulto Cachorros Gatos Lifestyle Senior Tem pet
Saudades do meu pet!

Quando adotou Pinhão, com dois meses e vacinas ainda por tomar, a designer de interiores Claudia Hadji não queria saber de ficar longe do cachorro. “No começo, sempre que possível, eu mudava a programação do dia e voltava correndo para casa”, lembra. “Não queria deixá-lo sozinho e confesso que também só pensava em brincar com ele”. Resumindo em uma palavra: saudade. Com o tempo, Pinhão foi se acostumando ao ambiente e às saídas da dona. E ela, administrando a falta que ele fazia.

É natural que um filhote se torne o centro das atenções da família. Principalmente nos primeiros meses, quando tudo é novidade e o período é de adaptação, quem quer largar o peludo? Mas tem gente que segue nesse grude para sempre e sofre só de pensar em jantar fora. Coincidência ou não, o mercado pet friendly tem crescido consideravelmente nos últimos anos. Cada vez mais estabelecimentos como restaurantes e hotéis abrem as portas para os clientes de quatro patas, aliviando o coração dos tutores que não passam algumas horas sequer sem seus companheiros.

Recomendações

É claro que os animais de estimação precisam de atenção, cuidado e presença. Cachorros, em especial, estão habituados a viver em grupos. Deixá-los sós por períodos muito longos e com frequência não é recomendável. Por outro lado, esse apego todo pode acabar dificultando a vida do seu mascote, tornando-o exageradamente dependente e fazendo com que ele se sinta inseguro quando realmente precisa ficar sozinho. Afinal, se não está acostumado, não vai entender a mudança repentina. O equilíbrio, nesse caso, parece ser o melhor caminho. Até por que, você também merece desfrutar dos momentos longe dele sem peso ou sofrimento.

Se o problema não é só a saudade, mas o aperto de deixar seu gato ou cachorro sozinho, existem estratégias para contorná-lo. Por exemplo, caprichando nos brinquedos, para que ele possa se divertir durante a sua ausência. Você ainda pode contratar um serviço de pet sitter ou até pensar na possibilidade de um segundo pet. Se tiver condições e disposição para isso, que certamente será uma ótima companhia para o seu amigo. Além disso, é possível deixar os pets em creches. Assim, eles brincam enquanto você trabalha.

Já falamos sobre locais Pet Friendly, Confira!

Saudades do meu pet!
autor

Paula Semer

Paula Semer é jornalista, está em São Paulo, escreve livros para crianças e dá aulas de yoga. Depois de anos sem pensar em cachorro, acaba de se apaixonar perdidamente por um novo filhote!

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha