PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Tudo sobre o gato Maine Coon

Autor: Nathalia Perone
Categorizados em: Adulto Dicas Fase da Vida FIlhote Gatos Não tem pet Quer mais 1 Senior Tem pet
Tudo sobre o gato Maine Coon

O Maine Coon é o mais antigo dos gatos americanos, e também o maior deles: pode chegar a medir um metro de comprimento de sua cauda até a cabeça. E, por incrível que pareça, é um amorzinho e pode ser uma ótima raça para criar em apartamento. 

História 

A história do Maine Coon é desconhecida. Há suposições que a raça originou-se do cruzamento entre duas raças americanas: o American Shorthair e gatos estrangeiros de pelos longos, que foram levados aos Estados Unidos por marinheiros. 

Há quem diga também que os Maine Coons foram introduzidos na América por Vikings, que costumavam ter gatos a bordo para controlar a população de ratos.

Temperamento

O Maine Coon é uma raça super tranquila e amigável. Ele adora ficar na companhia do tutor, mas não é muito apegado ao colo. A raça é super brincalhona e tem inteligência acima da média. Por isso, pode aprender truques e hábitos com muita facilidade. Além disso, a raça adora brincar na água. É por isso que muitas pessoas dizem que a raça se comporta como um cão. 

Apesar de seu tamanho grande, o Maine Coon pode viver tranquilamente em apartamentos  e casas pequenas, desde que que seja acostumado desde cedo. A raça adora tirar uma boa soneca. Por isso, prepare-se para encontrar o gatinho em um sono bem pesado, em lugares bem inusitados. 

Saúde

Os Maine Coons, em geral, costumam ser bem saudáveis. Mas, algumas doenças podem ser comuns para este gatinho, como as cardíacas, principalmente relacionadas ao miocárdio, displasia (má formação) coxofemural e atrofia muscular. 

Por isso, leve-o sempre ao veterinário e mantenha o check-up em dia. 

Alimentação 

Prefira sempre rações a base de carne, para isso, confira a fórmula no verso da embalagem. Por incrível que pareça, há muitas marcas que apenas saborizam a ração e colocam corante vermelho. Busque sempre fórmulas com alto teor de proteína. E escolha marcas que não utilizam cereais em sua composição, pois, o organismo do felino tem dificuldades na digestão de carboidratos. 

Pelagem 

Os pelos do Maine Coon são mais longos no tórax e curtos na região dos ombros e face. De acordo com o padrão da raça definido pela Fifé (Federação Internacional Felina), a raça aceita todos os padrões de cores, exceto a pelagem pontilhada e as cores canela, lilás e fawn (aquele branco meio amarelado). 

A escovação dos pelos deve ser diária, para evitar que eles fiquem embaraçados e até provoquem bolas de pelos.

Exercícios Físicos 

É muito importante manter uma rotina de atividades físicas com o animal. Compre sempre brinquedinhos que incentive o gatinho a se movimentar. Apesar de não ser o habitual levar o gatinho para passear, pode ser uma boa experiência para você e o animal. Veja aqui como! 

Fases da Vida

Para cada fase da vida do animal, há cuidados específicos que devem ser tomados. Confira: 

Filhote 

Até a oitava semana, o filhote deve ficar com a mãe e seu irmãozinhos. Isso porque, além de precisar do leite materno, os felinos não conseguem manter a temperatura do corpo elevada e precisam ficar juntinho com a ninhada para se aquecer. 

Obviamente há casos em que essa convivência não é possível; o gatinho deve ser acompanhado bem de pertinho pelo tutor. Para que ele consiga manter a temperatura, é importante mantê-lo envolvido em uma mantinha, principalmente durante a hora da soneca.  Ele deve ser alimentado com o leite materno artificial, que oferece as propriedades necessárias para que o filhotinho cresça saudável.

A partir do quarto mês, é importante introduzir a ração seca na alimentação do gatinho, intercalando com o leite. Uma dica é umedecer a ração na água morna para que o filhotinho mastigue o alimento com mais facilidade. 

Adulto

Quando o gatinho completa um ano de idade, é importante introduzir a ração de adulto em sua alimentação, para que ele fique sempre saudável. Nessa fase, você já pode oferecer ração úmida de vez em quando e alguns petisquinhos para agradá-lo. 

Apesar de ser muito brincalhão e adorar a companhia do tutor, o Maine Coon também gosta sombra e água fresca. Por isso, prepare um ambiente bem aconchegante para ele tirar as sonequinhas do dia. E não se esqueça de garantir a distração do animal: arranhadores, brinquedinhos, móveis de escalar e que tal de vez em quando uma catnip?

Mantenha sempre as vacinas do animal em ordem e leve-o para castrar. Este procedimento é indolor e previne muitas doenças como o câncer de ovário e testículo. 

Idoso

Com o passar dos anos, as funções cognitivas do animal podem começar a falhar. Assim como nós humanos, os bichinhos também ficam mais frágeis na velhice. 

Então, a partir dos 10 anos de idade, o gatinho precisa comer ração específica para gatos idosos. Somente assim todas as suas necessidades nutricionais serão supridas. 

É bem possível que o pet fique mais sonolento e passe mais tempo do dia dormindo; respeite essa nova rotina do animal. 

Leve-o com bastante frequência ao veterinário, para prevenir doenças frequentes na velhice como atrofia muscular, problemas renais (muito comuns em gatos), obesidade, diabetes e outros problemas.

Quer um Maine Coon? Veja nossos anúncios de criadores

Já falamos sobre como adestrar um gato. Leia nosso artigo

 

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha