PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Tudo sobre o Cachorro pinscher

Autor: Paula Semer
Categorizados em: Adulto Cachorros Dicas FIlhote Não tem pet Quer mais 1 Raças Senior
Tudo sobre o Cachorro pinscher

Muita gente confunde: apesar do nome em comum, o Pinscher Miniatura não é uma versão pequena do Dobermann Pinscher. Inclusive, foi o pequeno que surgiu antes. Mas não se deixe enganar pelo tamanho diminuto (de 25 a 31 centímetros). De origem alemã, esse cachorrinho é um caçador e tem temperamento de cão de guarda. Aliás, não só o temperamento. Ele é mesmo classificado pela Federação Cinológica Internacional como cão de guarda, o que o coloca para desfilar ao lado de Boxers, Rottweilers, Mastifes e do próprio Dobermann.

Origem:

Não existem registros de como esta raça chegou ao Brasil. Mas, sua aceitação foi iminente, caindo nas graças dos brasileiros.

O Pinscher foi criado na Alemanha no século XIX para a caça de pragas. Seu tamanho facilitava a entrada em locais pequenos, onde os animais se escondiam.

No final do século XX a raça começou a competir e cada vez mais os criadores buscavam diminuir o animal. Com esse processo de cruzamento, os cães ficaram desproporcionais. Com o tempo a prática foi extinta.

Personalidade:

Destemido, não pensa duas vezes antes de comprar uma briga para defender seu território. Late ou rosna ao menor sinal suspeito. Talvez por isso tenha adquirido a fama de baixinho folgado. O cachorro Pinscher é seguro, está sempre alerta e tem energia que não acaba mais. Mas a reputação de agressivo não faz jus ao seu comportamento – esse traço na verdade está associado a cruzamentos indevidos.

Convivência:

Definitivamente, não é o melhor cachorro para quem busca uma companhia calma. Como é muito ativo, precisa de exercício constante. Por outro lado, é uma ótima opção para apartamentos ou ambientes reduzidos, já que não precisa de muito espaço para brincar e queimar seu combustível. Você encontra nas cores preto, caramelo e, com menos frequência, cinza. Se for bem cuidado, seu companheiro pode viver uma média de 13 anos.

Pelagem:

O Pinscher tem um pelo denso, curto e liso. O pelagem não costuma cair tanto.

Nada que uma escovação diária não ajude. A raça possui tons do marrom ao vermelho e pode ter manchas, especialmente no rosto e nas patas.

Inteligência:

Ficando na posição 36º no ranking de inteligência, os pinschers são rápidos para gravar comandos. São muito ligados aos tutores, por isso, a personalidade da família influência no comportamento.

A socialização deve ser feita desde filhote.

Cuidados:

Como é um cão pequeno, o Pinscher se adapta muito bem a qualquer lugar. Mas, isso não anula os passeios! A raça deve se exercitar, estimular o olfato e seus instintos. Por ser um cão ativo, a necessidade é moderada, assim não será sobrecarregado. Além disso, como sua pelagem é curta, o Pinscher sente muito frio.

Saúde:

O Pinscher tem propensão ao câncer, por isso, se sua intenção não é cruza-lo, castre o quanto antes. A raça costuma ser saudável, mas o check up de rotina é fundamental.

Alimentação:

Como a raça engorda fácil, o ideal é servir a ração em porções. Além disso, invista em uma alimentação de qualidade.

Preço:

A raça pode chegar a 1000,00.

Curiosidades:

Se a popularidade da raça Pinscher andava meio em baixa nos últimos anos, no entanto, pesquisas recentes mostram que esse cão de caça atômico ainda figura entre os preferidos do país. Um levantamento de 2015 do Jornal Brasil Econômico estima que, dos 40 milhões de cachorros no Brasil, 6,6% são Pinschers. É o terceiro depois dos vira-latas e do Poodle. A plataforma digital DogHero, que recebe hospedagem domiciliar para cachorros, realizou um censo com 108 mil animais da sua base de dados. E o pequeno Pinscher também figura nela: é o 13º entre os vinte mais populares.

Está pensando em adquirir um filhote de Pinscher? Confira nossos anúncios!

Tudo sobre o Cachorro pinscher
autor

Paula Semer

Paula Semer é jornalista, está em São Paulo, escreve livros para crianças e dá aulas de yoga. Depois de anos sem pensar em cachorro, acaba de se apaixonar perdidamente por um novo filhote!

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha