PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Seu pet sente enjoo no carro? Saiba o que fazer

Autor: Julia Freire
Categorizados em: Adulto Cachorros Dicas FIlhote Gatos Quer mais 1 Saúde Senior Tem pet
Seu pet sente enjoo no carro? Saiba o que fazer

Assim como nós, alguns pets podem sentir enjoo no carro. Saiba como evitar esse sintoma

Você provavelmente conhece alguém que sente enjoo em viagens de carro. Sabia que isso também pode acontecer com os pets? Se você pretende pegar a estrada ou mesmo passear com o amigão, fique esperto com nossas dicas!

Assim como as crianças costumam sentir mais enjoo no carro do que os adultos, os filhotes também estão mais propensos a sentir esse mal estar. Isso porque não estão acostumados com os movimentos dentro dos veículos. E mais: seus mecanismos de controle da náusea ainda não estão completamente desenvolvidos. Isso quer dizer que eles têm uma chance bem maior de vomitar no carro. Não deixe de conversar com seu veterinário antes da viagem para saber qual o melhor remédio para prevenir esses sintomas.

Os pets idosos que já passaram por isso antes também podem sentir enjoo. O motivo é que eles podem associar a viagem de carro àquele momento, causando estresse e ansiedade, que por sua vez, também desencadeiam vômito e náusea.

Recomenda-se não alimentar o pet antes de ele entrar no carro, para que ele não viaje de estômago cheio. Por isso a consulta ao veterinário é tão importante: tenha o remédio dele em mãos caso ele vomite mesmo sem ter se alimentado antes.

Existem algumas precauções que você pode tomar para evitar que o bichinho sinta enjoo na viagem:

  • Deixe o pet em uma cadeira especial ou preso no cinto de segurança. Deixar o cachorro solto no carro pode distrair quem está dirigindo, e ele pode se machucar durante uma freada brusca. Se as janelas estiverem abertas, ele ainda pode tentar saltar para fora com o veículo em movimento.
  • Você ainda pode utilizar caixas de transporte, desde que elas sejam espaçosas e estejam presas com o cinto de segurança. A caixa também pode ficar no chão para não se movimentar. Os pets adaptados às caixas desde cedo não deverão ter problemas. Já com os mais velhos é preciso ter paciência. Deixe alguns brinquedos e petiscos dentro da caixa para ele se sentir confortável
  • Não exponha o amigão ao vento em alta velocidade. Eles adoram, mas isso pode causar inflamações no conduto auditivo, olho seco, além de inflamações e até úlceras na córnea. Você pode baixar pouco o vidro ou ligar o ar condicionado para ele não passar calor.
  • Acostume o cachorro ao carro levando-o em passeios curtos, com paradas para ele se esticar e fazer as necessidades.

Se você apoiar seu bichinho e for paciente, passear com ele de carro será uma delícia!

Confira ainda mais dicas para viajar com seu amigão aqui!

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha