PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Saiba tudo sobre o gato Persa: do filhote ao idoso

Autor: Nathalia Perone
Categorizados em: Dicas Gatos Não tem pet Quer mais 1
Saiba tudo sobre o gato Persa: do filhote ao idoso

O gato Persa é um dos preferidos entre os tutores. Pois, além de muito fofo, é super calmo e carinhoso. Saiba aqui tudo sobre essa raça tão amada. 

História da raça 

Pietro Della Valle era um viajante e explorador  italiano que viveu entre o século 15 e 16. Por volta de 1620, ele leva alguns gatos Persas para a Europa que, até então, não sabia da existência da raça. 

No final do século 19, a raça foi cruzada com o Angorá. E, é a partir daí surge o padrão da raça, que populariza-se entre os Europeus. Logo, o Persa chega na América e é descrito nas exposições de raças. 

Saúde 

Os gatinhos no geral costumam ser bem saudáveis e não apresentar muitas doenças no decorrer da vida. Mas, cada raça tem particularidades em relação à saúde que não podem ser ignoradas. 

Olhos lacrimejantes, excesso de secreção, entrópio (cílios que nascem para dentro do olho) e glaucoma são problemas oculares já identificados em alguns Persas. 

Além disso, alguns desses gatinhos podem nascer com rins policísticos, quadro que pode ser revertido com acompanhamento veterinário. É importante incentivar o animal a beber muita água. Veja aqui 12 dicas que vão te ajudar nessa missão. 

O Persa é uma raça braquicefálica; isso significa que ele tem o nariz achatado. Por isso, é comum que a raça tenha problemas respiratórios como asma, bronquite e dificuldade para respirar em altas temperaturas e clima muito seco. 

Leve o gato Persa ao veterinário com uma certa frequência, mantenha as vacinas em dia, bem como a vermifugação. 

Pelagem 

persa-1-1

Os pelos do Persa são longos, macios, finos e densos. Aceita cores como preto, branco, creme, vermelho, marrom, chocolate, dourado e prata. A cor mais popular da raça é a branca. 

Temperamento

Esse gato é muito dócil e se dá bem com todo mundo. Ou seja, convive com outros animais, crianças e até pessoas estranhas tranquilamente. 

É amoroso e adora um cafuné. Mas, não é um grande fã de colo, pois, adora tirar uma longa e boa soneca. 

O gato Persa não tem comportamento destrutivo. Mesmo assim, é importante colocar arranhadores em lugares estratégicos da casa. O animal sente a necessidade de arranhar superfícies. 

Tudo bem se você for o tipo de tutor que não pode mimar e dar carinho para o animal o dia todo. O persa é um gato reservado e bastante silencioso. Dificilmente você irá vê-lo miando.

Como criar um gato Persa 

O Persa é uma raça que não requer muitos cuidados. Por ser um gatinho super tranquilo, que adora uma soneca, você não terá muito com o que se preocupar. 

Seus pelos devem ser escovados diariamente, para que fiquem saudáveis e brilhosos. Além disso, a prática diminui o risco de bolas de pelo. 

É muito importante que você invista em um arranhador e brinquedinhos para mantê-lo entretido. E, tenha sempre um pouquinho de catnip em casa, isso com certeza vai deixar o gatinho mais feliz. 

Alimentação 

Os gatos são animais carnívoros e, por isso, precisam de uma alimentação composta majoritariamente por carne. Por isso, escolha sempre rações Premium ou Super Premium que levem este fator em consideração. 

Corantes, conservantes ou essências artificiais não são saudáveis para o gato. Procure sempre produtos que evitam esse tipo de ingrediente. Veja aqui algumas rações saudáveis para seu gatinho. 

O que a ração do gato Persa precisa ter?

Para saber se a ração é saudável para o gatinho, procure verificar se ela contém esses componentes essenciais: 

  • Carne vermelha ou branca: é a base da alimentação do felino; 
  • Taurina: um aminoácido extremamente importante para o gato. Sem taurina, o gato pode apresentar problemas cardíacos, oculares e reprodutivos.
  •  Fósforo e cálcio: deixam os ossos do gatinho ainda mais fortes; 
  • Fibra:  muito importante para manter a saúde do sistema digestivo do animal; 
  • Proteína: extremamente necessária para a formação de todas as células do corpo do animal, além de anticorpos e alguns hormônios. 

Higiene 

O banho e tosa não são essenciais na vida do Persa! O cuidado com a higiene é simples: escovação diária dos pelos.Esse hábito deixa-os mais saudáveis, brilhosos e evita as bolas de pelos. Por serem animais super higiênicos, os felinos se incomodam com ambientes sujos. Por isso, mantenha o ambiente sempre limpo. Isso inclui a caixa de areia que deve ter manutenção diária. 

Características 

O Persa é um gato de médio porte; o macho pode pesar entre 4 e 5 quilos e a fêmea, um pouco menor, tem geralmente de 3 à 4 quilos. Por ser muito calmo e reservado, se adapta muito bem à apartamentos e casas pequenas. 

A expectativa de vida dessa raça é alta: vive por volta de 15 à 20 anos.  E, uma ninhada de Persa, em geral, é de 4 à 6 filhotes. 

Persa com crianças, estranhos e outros animais

É uma raça super dócil com todos. Entretanto, por ser muito sossegada pode não gostar de determinadas brincadeiras das crianças. Neste caso, esteja sempre perto do felino nos momentos das brincadeiras. Mas, em geral, o gato Persa não costuma entranhar outros animais ou estranhos. 

Miados 

Dificilmente você verá esse gatinho miando excessivamente. Por isso, caso aconteça acontecer, observe-o e verifique se não tem nada de errado com o animal. Caso ache necessário, leve-o ao veterinário. 

Destruição

Assim como qualquer gato, o Persa tem a necessidade de arranhar superfícies ásperas para afiar suas unhas. Por essa razão, invista em um bom arranhador para evitar que ele destrua os móveis da casa. 

Solta muito pelo

A raça costuma soltar bastante pelo. Por isso, reforçamos a importância de escová-lo diariamente. Assim, fios que se soltaram são eliminados, junto com a pele morta do animal. Deste modo, ele se sentirá mais limpo. 

Fases da vida

Um Persa pode chegar a viver 20 anos. E, cada fase de sua vida demanda um cuidado especial. Confira:

Gato Persa filhote 

persa-filhote-1

O desmame deve acontecer após à 8º semana de seu nascimento. Pois, o leite materno é essencial para que o gatinho crie anticorpos e cresça saudável. Além disso, é importante que eles fiquem juntinhos, já que nessa fase eles não conseguem manter a temperatura do corpo estável. 

O Persa deve começar a comer ração para filhotes  a partir da quarta semana, ainda na fase da amamentação. 

Gatos de raça provenientes de criadores sérios já vêm castrados, vacinados e vermifugados. Mas, se você adotou ou, por algum motivo, o gatinho não teve esses cuidados, é importante fazer isso logo quando bebê. 

Ao contrário do que muitas pessoas dizem, é muito necessário educar o Persa desde cedo, para que ele já leve consigo os bons hábitos, como fazer xixi no lugar certo e não destruir os móveis. 

Gato Persa adulto 

persa-adulto-1

A maturidade do Persa chega aos 2 anos de idade, o que significa que todo o seu corpo já foi desenvolvido. A partir dessa idade, o animal terá um comportamento mais estável. Mas, logo quando o gatinho completa o seu primeiro ano, já deve começar a comer ração para gato adulto. 

Nessa idade, é importante acompanhar as campanhas de vacinação que acontecem periodicamente na sua cidade. Além disso, mantenha uma boa frequência ao veterinário

Gato Persa idoso

persa-idoso-1

Com o avançar da idade, as funções cognitivas do animal podem começar a falhar, desenvolvendo dificuldades na locomoção. Por isso, o ideal é que ele coma a ração para idoso, pois, além de ser adaptada para o sistema digestivo do gatinho, ainda tem propriedades de ajudam o animal a passar por essa fase com maior tranquilidade. 

É muito importante que o animal continue sendo vacinado e as visitas ao veterinário devem ser mais frequentes. 

Quanto custa um Persa?

O valor do Persa pode chegar a R$2000,00. Exija sempre os documentos do animal, como carteira de vacinação, pedigree, atestado de saúde e de vermifugação. Todo criador deve ser associado à uma instituição regulamentadora, investigue-o antes.E, se possível, visita seu gatil.

Curiosidades 

O Persa é a raça que deu origem ao Garfield, o gatinho que ganhou espaço nos jornais com suas tirinhas. Ele foi criado pelo cartunista norte-americano Jim Daves e já circulou por mais de 2000 jornais ao redor do mundo.  Hoje, o personagem é querido por todos nas telinhas e conhecido por ser super preguiçoso e ama lasanha. 

Por que ter um Persa?

O Persa é um gato muito tranquilo, ótimo para tutores que não passam o dia todo em casa. Se você adora fazer carinho e tirar longas sonecas com o bichano, o Persa definitivamente é um gatinho  para você. 

Por que não ter um Persa?

Se você está procurando um animal super ativo e brincalhão, a raça não é o ideal. Ele é muito tranquilo e adora sombra e água fresca. 

Tem filhote na casa? Aprenda como cuidar desses fofuchos aqui!

Saiba tudo sobre o gato Persa: do filhote ao idoso
autor

Nathalia Perone

Jornalista, apaixonada por animais. Mãe do terrível Nicolas (Nick para os mais íntimos), um poodle branco que é só amor. Em seu tempo livre, adora parques, uma boa conversa entre amigos e cantar no chuveiro.

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha