PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Microchip para pet: 5 coisas que você precisa saber

Autor: Larissa Bernardes
Categorizados em: Cachorros Dicas FIlhote Gatos Quer mais 1 Saúde Tem pet
Microchip para pet: 5 coisas que você precisa saber

O microchip é uma tecnologia relativamente recente e, por isso, ainda causa muitos questionamentos e inseguranças nos tutores de pets. Reunimos aqui cinco das principais dúvidas sobre o dispositivo.

1- O que é o microchip?

É um dispositivo eletrônico que utiliza ondas de rádio para transmitir informações armazenadas em um sistema.  Ele possui o tamanho praticamente igual ao de um grão de arroz e é inserido sob a pele dos animais.

2- Para o que ele serve?

O aparelho é exigido em viagens internacionais. Mas, mesmo que você não tenha a intenção de viajar com seu pet, muitos animais acabam se perdendo de seus donos e dificilmente são encontrados sem uma forma adequada de identificação. Além da plaquinha, o uso do microchip é uma ferramenta confiável e permanente para a localização de animais perdidos.

3- Ele substitui a plaquinha de identificação?

Não, os dois devem ser usados em conjunto. A plaquinha é uma forma mais rápida de identificação e permite que quem encontrou o animal entre em contato diretamente com os donos. Porém, há o risco dela acabar caindo do pet e, portanto, o microchip deve ser usado como uma proteção extra.

4- Como o sistema funciona?

Se o pet estiver perdido e for parar em um hospital ou abrigo, ele pode ser submetido a um scanner que revelará a existência  – ou não – do microchip. O local então, entra em contato com a empresa responsável pelo aparelho, que é quem mantém os dados dos donos. A companhia, por sua vez, contata os tutores e informa a localização do bichinho. As principais empresas são: SIRA e Abrachip.

5- A aplicação é dolorida?

Por ser tão pequeno, os bichinhos sentem um desconforto semelhante ao de uma injeção comum. O dispositivo se prende ao tecido que está em volta da incisão e raramente se move. O procedimento é rápido e simples, e pode ser realizado pelo seu veterinário.

Já falamos aqui sobre como agir quando seu cachorro foge. Confira.

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha