PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Mercado pet no Brasil não para de crescer!

Autor: Carolline Guarche
Categorizados em: Cachorros Criadores Dicas Gatos
Mercado pet no Brasil não para de crescer!

O setor do mercado pet cresce cada vez mais. Em um momento pós-crise financeira, os dados aliviam e dão fôlego para as empresas do ramo. Por isso, investir no universo dos produtos e serviços para animais de estimação tem se mostrado uma escolha de investimento promissora

Mercado pet em 2017:

De acordo com a ABINPET – Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação, só em 2017, o setor aumentou 4.95%, consolidando o Brasil como o terceiro maior mercado em faturamento.

O pais movimentou cerca de US$ 20.3 bilhões em produtos e serviços para pets.

Faturamento no Brasil:

Por conta do envolvimento emocional, os gastos com os pets têm tipo prioridade nas despesas mensais.

Diante dessa alta demanda, o comércio não para de inovar em produtos.

Em 2016, o faturamento do marcado pet brasileiro foi de R$ 18,9 bilhões. Já em 2017, a tava de crescimento foi mais de 7,9% tornando o Brasil 3º maior em faturamento.

Mercado pet 2018: 

Os dados mais recentes do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), de 2013 mostram que a população de animais domésticos no país já chegou a 132,4 milhões. Diante disso, o mercado pet é um cenário cada vez mais inovador.  

População-de-animais-no-brasil-1-11

 

O progresso é explicado pelas mudanças no comportamento dos tutores em relação aos animais. Antes o mercado era reduzido somente ao pet shop. Com venda de produtos básicos, banho, tosa e clínicas de atendimento veterinário. Atualmente, essa lista de serviços aumenta com frequência, indo desde acupuntura, fisioterapia, planos de saúde, salões de beleza e várias opções de entretenimento.

Em 2018 já somos o terceiro maior país do mundo no ranking de faturamento no mercado pet.

Com todo esse crescimento, o modelo de negócio é baseado na inovação de serviços e na implementação da tecnologia. Atualmente, a lista de serviços aumenta com frequência, seja qual for o nicho, o mercado exige inovação.  Há muito espaço no ramo de pet. Se você possui um espírito empreendedor e gosta de inovar, está no caminho certo!

 

Pet-Food-1

O perfil do consumidor

Uma pesquisa realizada pela Qualibest em 2017 revela que 72% dos consumidores do mercado tratam o pet como um familiar. Além disso, 27% afirma comemorar o aniversário do animal e 28% dizem que dormem com o bichinho em suas camas.

Estes dados indicam uma mudança comportamental das pessoas em relação ao bicho de estimação. Isso significa que, cada vez mais, o consumidor buscará novidades para suprir necessidades dos animais que agora são tratados de forma igualitária com os humanos. Por isso, o estudo ainda apontou que 61% dos entrevistados sentem falta de algum produto ou serviço no mercado que melhorariam a qualidade de vida do animal.

Segmentos do mercado pet

Há um vasto mercado a ser explorado. As pessoas buscam por novidades e pedem cada vez mais praticidade, qualidade de vida e saúde para seus animais de estimação. E, pensando nisso, listamos alguns segmentos do mercado que podem ser sucesso de investimento. Veja:

Táxi dog

Nível de investimento:

taxi-

Para quem já trabalha com esse serviço é simples. Elabore um sistema que leve e traga o animal no horário combinado com o cliente. É um ótimo serviço para oferecer junto a um pet shop, spa, hotel ou academia para os pets. E mais: disponibilize um contato simples e fácil com o tutor. Pode ser um Whatsapp ou quem sabe um aplicativo?

Alimentação Natural

Nível de investimento:

 31

A alimentação natural está em alta. As pessoas estão cada vez mais conscientes em relação a saúde e meio ambiente. Com o pet não é diferente. Produtos e acessórios que não agridem o ambiente podem ser a chave do sucesso. 

É importante estudar o processo de criação do produto e atender às regras específicas deste segmento, com autorização do ministério da agricultura. Ou seja, contratar um veterinário ou zootecnista responsável que garanta a qualidade será essencial. Você deve oferecer aos clientes nutrição, saúde e qualidade de vida para seus animais. 

Pet Shop Online

Nível de investimento:

 31

O nicho de pet shop já está saturado, um diferencial é trazer as vendas online. As pessoas correm e precisam que os serviços acompanhem sua rotina. Você precisará de um atendimento ágil. Então, um delivery pode ser uma boa opção.  Com uma loja virtual, as chances de você adquirir novos clientes aumentam. Mas, nunca se esqueça: mesmo que de longe, o cliente espera sempre ser muito bem atendido. 

Plano de saúde para pets

Nível de investimento:

alimentação

Cada vez mais os tutores investem nos pets. Então, montar um plano de saúde é um diferencial. A dica é fazer vários pacotes com serviços e preços variados. Além disso, é importante fazer contato com o máximo de clínicas e pet shops no Brasil. Pois, o cliente precisa sentir que o contrato é vantajoso. O Brasil é carente de espaços de atendimento com urgência. Apesar dos planos de saúde veterinária já serem realidade nos EUA e em parte da Europa. O uso de tecnologia para monitoramento da saúde e bem estar é uma tendência crescente.

Centro de estética

Nível de investimento:

academia

Fisioterapia aquáticas ou terrestres, acupuntura, reabilitação motora e outros serviços são ideias para quem quer abrir um novo negócio ou quer implementar uma inovação dentro do pet shop. Apesar de existirem inúmeros pets no país, os tutores buscam novidades. Então, será importante investir em equipamentos e boas especializações. O tratamento excepcional para o pet pode valer um bom lucro. Mas lembre-se criatividade e qualidade andam lado a lado. 

Academia para pets

Nível de investimento:

academia

A academia é o lugar para que os animais pulem, corram e brinquem. Perfeito para os pets de apartamento, que não tem esse espaço para a atividade diária. Os pets contam com uma supervisão veterinária e de adestradores. Hoje, os pets fazem parte das famílias. Invista em bons equipamentos e profissionais de qualidade. Tudo que os tutores mais querem é ter a certeza que estão fazendo o melhor para a saúde e bem estar de seus bichinhos. 

Algumas tendências de 2019:

Pet Sitter:

Mais conhecidas como babás de animais, as pet sitters são responsáveis por cuidar dos bichinhos enquanto seus donos estão fora.

Para atuar na área, basta fazer um curso profissionalizante.

Oferecer esse serviço no pet shop, por exemplo, pode atrair clientes!

Dog Walker:

É comum que muitos cães morem em apartamento e, muitas vezes, os tutores não tem tempo para passeios. Os dog walkers estão aqui para isso!

Para atuar na área, basta fazer um curso profissionalizante.

Alimentação Gourmet:

Quem não ama chocolates e panetones? Essas delicias estão sendo produzidas para os nossos bichinhos, assim eles podem comemorar conosco.

Vale lembrar que são produtos sazonais, ou seja, as vendas acontecem apenas em algumas datas, por isso, organize seu estoque e se planeje.

Adestramento:

Antigamente, o adestramento era comum apenas para cães de grande porte ou para funções especiais, como policiais e cães guias.

Mas o adestramento ajuda a desenvolver a capacidade de socializar e melhorar o comportamento.

Está pensando em empreender no mercado pet? Confira nossas dicas!

Curta a My Txai no Facebook!

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha