PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

A raça pug: a moda do focinho achatado é legal?

Autor: Nathalia Perone
Categorizados em: Adulto Cachorros Dicas FIlhote Lifestyle Não tem pet Quer mais 1 Raças Senior
A raça pug: a moda do focinho achatado é legal?

Desde muito cedo, a raça Pug já demonstrava sua preferência por colo. Acredita-se que a raça tenha sido levada da China para a Holanda no século 16, onde era apreciada e carregada pelas damas da corte. Na Inglaterra, os cortesãos também se apaixonaram pelo pequeno, que não demorou a virar moda na alta sociedade. Pinturas dos animais nos braços de seus tutores e Pugs de porcelana feitos até o século 18. Elas registraram a popularidade do bichinho em vários países da Europa Central.

No Brasil, de acordo com o Portal dos Pugs, os primeiros exemplares chegaram por volta dos anos 1950. Naquela época ainda eram considerados caros e difíceis de criar. Eles só começaram a se espalhar pra valer no final da década de 1990, depois da presença da cadela Inês na telenovela Por Amor – quem se lembra dela? A partir de então, a procura pela raça só cresceu.

Sucesso dos Pugs x problemas de saúde

Os Pugs viralizaram na Internet, o que ajudou a impulsionar seu sucesso. Sua expressão fofa e engraçada virou estampa de roupa, desenhos, memes e tumblrs.

Mas, apesar de muito fofos, os Pugs sofrem com muitos problemas de saúde. Eles são braquicefálicos, ou seja, possuem o focinho achatado. Por isso, pode ter muitos problemas respiratórios e tem dificuldade de respirar. Principalmente no calor. 

Ele também sofre com crises nas diferentes temperaturas, ainda mais se estiverem acima do peso. Pode ter problemas de visão graves: a órbita ocular é muito rasa, isso significa que qualquer batida na parte de trás da cabeça pode fazer com que um dos olhos saia de sua órbita e precise de recolocação cirúrgica. Isso também pode acontecer com muitos puxões da guia.

Por conta de todas as complicações, o cuidado deve ser dobrado durante a prática de exercícios físicos. As atividades não devem ser intensas, e o ritmo do animal deve ser respeitado. Além disso, o ritmo do animal deve ser respeitado. O cão deve consumir muita água e ficar na sombra sempre que possível. Caso esteja muito quente, as bolsas de gelo em gel são boas opções para evitar ataques de calor.

Devo adotar ou comprar um Pug?

O Pug foi geneticamente modificado com o decorrer dos anos. Por isso,  ele tem muitos problemas de saúde e acaba sofrendo demais. Não tem época do ano que seja melhor para ele. Tanto o frio quanto o calor podem ser prejudiciais para sua saúde. Não estamos dizendo que você não pode ter a raça. Mas, é necessário que todos tenham ciência do quanto essa ela acaba sendo penalizada por essas modificações. Não incentive a venda de Pugs.

Já falamos sobre cães com focinho achatado. Leia nosso artigo!

 

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha