PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

7 dicas para não errar na roupa de Natal de cachorro e gato

Autor: Nathalia Perone
Categorizados em: Cachorros Dicas Gatos Quer mais 1 Tem pet
7 dicas para não errar na roupa de Natal de cachorro e gato

Você com certeza já tem a roupa para o Natal, não é mesmo? Mas, pensou se irá produzir o pet para essa ocasião? No momento de escolher as roupinhas, é necessário tomar alguns cuidados para que eles se sintam confortáveis. Nós separamos 5 dicas para você não errar na escolha e preparar a melhor roupa de Natal de cachorro e gato. Vamos lá?

1. Focinho

Tanto para o gato ou cachorro, o focinho é uma das áreas mais sensíveis do corpo do animal. É por onde eles respiram, comem e até mesmo se localizam e mantém o equilíbrio. Ou seja, por mais que na internet tenha várias fotos de pets vestidos de renas, com narizes vermelhos, não é o ideal. Busque sempre algo que traga conforto.

2. Acessórios adesivos

Sabemos que os acessórios são tudo. Principalmente se forem fêmeas. Por isso, use e abuse de brilhinhos adesivos, eles não incomodam o pet e não atrapalham a mobilidade ou qualquer tipo de habilidade do animal.

3. Evite botões e outros pequenos detalhes

Sim, os detalhezinhos fazem toda a diferença! Mas, são eles que poderão colocar a vida do animal em risco, pois, o animal pode engolir ou se engasgar com o objeto. Dê preferência a roupinhas com zíperes – de preferência em lugares pouco acessíveis ao pet –, ou sem qualquer tipo de fecho.

4. A cabeça

Touquinhas de Papai Noel, tiaras… tudo é válido. Mas, temporariamente, para aquela foto que você vai postar no Instagram apenas. Pois, pode ser bastante incômodo para o pet. E não queremos isso, não é mesmo?

5. Sapatinhos

A mesma dica vale para sapatinhos, meias e acessórios para os pés. Por mais que sejam super fofos e úteis em alguns momentos, podem atrapalhar o animal a andar. Por isso, use por um curto período de tempo, principalmente se ele estiver desconfortável. Aproveite o clique e deixe o animal a vontade depois disso.

6. O clima

Leve em conta o clima da cidade onde você mora. Geralmente, em dezembro é calor, mas a temperatura pode variar em cada região do País. Busque por tecidos leves. Por mais que seja tentador colocar uma roupinha de Papai Noel, cheia de pelinhos no pet, pode ser que o calor da roupa seja um incômodo. Avalie!

Outro ponto a observar é a pelagem. Animais com pelos mais densos e longos são aquecidos naturalmente pela pelagem. Outros fatores como a obesidade podem fazer o pet sentir mais calor.

7. Observe

Mesmo que você siga todas as dicas, pode acontecer do pet não se sentir confortável com a roupinha. Sempre observe o comportamento do animal. Caso perceba que ele está incomodado, é melhor abrir mão da produção e dar espaço para o conforto e bem-estar do bichinho. Afinal, é o que mais importa, não é mesmo?

Saiba como fazer uma ceia de Natal para gatos. Leia nosso artigo!

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha