PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

10 curiosidades sobre gato que vão te surpreender

Autor: Nathalia Perone
Categorizados em: Adulto Dicas FIlhote Gatos Não tem pet Quer mais 1 Senior Tem pet
10 curiosidades sobre gato que vão te surpreender

Muitos mistérios rodeiam os gatinhos desde sempre, não é mesmo? Por isso, separamos 10 curiosidades sobre esse felinos que são inacreditáveis. Olha só: 

1. Van Turco: a raça que adora água 

van-turco-água

Dizem que os gatos detestam água. Mas, para toda regra há uma exceção: a raça Van Turco é super curiosa e adora brincar na água. Mas não é só para molhar as patinhas, não! A raça adora mergulhar e é chamado de “gato nadador”. 

Há suspeitas de que seu gosto pela água vem de sua origem: a raça alimentava-se de peixes que eles mesmos capturavam no lago Van, na Turquia. 

2. A mãe de todos os gatos 

ninhada-gatos

Em 1952, uma gatinha malhada do Texas chamada Dusty entrou para o Guinness Book por dar a luz à maior ninhada da história. Durante toda a sua vida fértil, a SRD (sem raça definida)  teve 420 filhotes em inúmeras gestações. 

3. Gato pode comer doce?

gato-doce

Na verdade, os gatinhos não sentem o sabor doce. Os gatos possuem pequenos espinhos em suas línguas que servem para limpar seus pelos e não para saborear sua comida. 

As papilas gustativas, responsáveis por sentir o gosto dos alimentos, ficam localizadas na pontinha da língua do gato.  E, diferente das humanas, não são capazes de identificar o sabor doce. 

Além disso, os gatinhos costumam não gostar muito do amargo. Então, eles são ótimos farejadores e conseguem identificar se o sabor do alimento agrada, ou não, o seu paladar. 

4. Cuidado com a varinha

gato-brincando-varinha

Os gatinhos podem associar as penas sintéticas nas pontas da varinha com passarinhos. O gato, por ser um animal de origem selvagem é muito adepto às caças. Por isso, pode entender que aquela brincadeira é um incentivo para seu instinto predador.  

Prefira sempre outro tipo de distração nas pontas da vara. Assim, será muito mais fácil a convivência do animal com uma ave. 

5. Bigode fofinho

gato-bigode

Se você acha que o bigodinho do seu gato serve apenas para dar aquele charme, está enganado! Os longos fios são chamados cientificamente de vibrissa e têm o mesmo tamanho da largura do animal. 

O bigodinho do gato é composto por inúmeras células sensoriais que ajudam o animal a localizar-se e ter noção de espaço. Além disso, é o principal responsável  pelo gato cair em pé. 

6. Gato hipoalergênico

hipoalergênico (1)

Se você pensa que o que causa alergia a gato é o pelo, está enganado. Na verdade, os gatos produzem uma proteína chamada FelD1, que fica na saliva do animal e pode causar alergia em algumas pessoas. Quando o gatinho se lambe para fazer a limpeza dos pelos, a proteína ficam em seus pelos e causa alergia. 

Não existem gatos hipoalergênicos, mas raças com pouca FelD1 em sua saliva; por isso causa menos alergia. Este é o caso do Siberiano, Cornish Rex e Devon Rex. As fêmeas produzem um nível ainda menor da proteína. Se você ama gatos, mas é alérgico, vale a pena testar! 

7. O gato risonho de Alice

cheshire-alicenopaísdasmarvilhas

Cheshire, o gato risonho de Alice no país das maravilhas, é um British Shorthair. O desenho foi lançado em 1951 e, desde então, a raça só ganhou popularidade. 

8. Gato cai de pé sempre?

pulo-gato

O sistema vestibular felino é responsável pelo senso de equilíbrio do gato. Ele fica localizado no ouvido do animal. Durante a queda, o cérebro envia as informações captadas pela visão do animal e transforma em sinais elétricos que vão direto ao labirinto do ouvido do pet. Então, em questão de segundos, o gato virará a cabeça e o tronco para cair em pé. 

Para o gato cair de pé é necessário que a queda seja de, no mínimo, um metro, para que ele tenha tempo o suficiente para virar-se para a posição correta. Saiba mais sobre o pulo do gato aqui.

9. Qual o nome que se dá para o conjunto de gatos?

cambada-gataria

Segundo o dicionário Aurélio, cambada ou gataria são os nomes dados ao conjunto de gatos adultos. Quando filhotes, o grupo é chamado de ninhada. 

10. A curiosidade matou o gato

curiosidade-matou-gato

Esse ditado popular caiu na boca do povo não é de hoje. Desde a idade média usa-se essa expressão, que significa que curiosidade demais pode ser perigoso. 

O dito começou a ser empregado por volta do século XV, quando surgiu o movimento caça às bruxas. As pessoas acreditavam que os gatos traziam má sorte. Por isso, criavam armadilhas para eles. Por serem animais muito curiosos, acabaram sendo capturados.

Apesar de ainda haver certa resistência em relação ao animal, a popularidade dos gatinhos vem aumentando bastante. Ponto positivo! A população está começando a perceber que um bichinho tão fofo só pode trazer sorte

Sonhou com gato? Veja aqui os principais significados.


Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha