PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

10 Cuidados necessários com os cães idosos

Autor: Carolline Guarche
Categorizados em: Alimentação Beleza e Grooming Cachorros Dicas Lifestyle Saúde Senior Tem pet
10 Cuidados necessários com os cães idosos

Os cães idosos precisam de cuidado como os filhotes. A fase adulta começa a partir dos 8 ou 9 anos de vida do pet. Os cachorros podem apresentar doenças e dificuldades que precisam de atenção e visitas ao veterinário. Além disso, com o passar do tempo, os cães perdem a energia que tinham. E, em alguns casos, apresentam surdez, artrite, catarata, incontinência urinária, problemas de coração, diabetes, entre outros.

1 – Vitalidade:

Todos envelhecem, e com os pets isso não é diferente. Por isso incentivar o pet a passear pode ajudar a mantê-lo por um período mais longo. Além disso, estimule-o com brincadeiras e outras atividades para melhorar o seu condicionamento físico. 

2- Limitações:

Quando os cães ficam idosos acabam perdendo o seu sentido de orientação, o seu olfato, a sua visão e até mesmo a sua memória. Por exemplo, pode acontecer que o animal não saiba onde está a sua cama ou o seu comedouro, que não reconheça algumas pessoas, que se “esqueça” que estava comendo ou que não te ouça quando você o chamar. Por isso, seja paciente e ajude-o para que a sua vida seja mais agradável.

3 – Temperatura:

Os animais idosos são sensíveis a mudanças bruscas de temperatura. Por isso, os passeios e as coisinhas deles devem ser sempre em locais arejados, longe de correntes de vento e/ou de contato direto com o sol. Isso ajudará a evitar possíveis doenças e sintomas.

4- Problemas frequentes:

Alguns problemas chegam junto com a idade do pet, como as alterações cardíacas, problemas ortopédicos, insuficiência renal e disfunção cognitiva.

5 – Cuidados com a casa:

É normal que o cachorro idoso mude de comportamento. É importante tentar manter as coisas de casa em ordem, assim ele não fica desorientado. Além disso, alguns cachorros podem começam a ter dores no corpo. Também é mais difícil regularem a sua temperatura corporal. Por isso, é essencial uma cama grande, quente e confortável onde possam descansar, já que os cães idosos dormem muito.

6- Sono:

Um cachorro idoso tende a dormir mais e passar mais tempo deitado. É normal que um cão idoso não tenha a mesma disposição que um mais novo. Ele provavelmente irá querer descansar mais e ficar no seu próprio cantinho.

Além disso, o sono é essencial, assim ele irá repor a sua energia. Alguns pets dormem mais que outros e isso varia de acordo com o tamanho.

7 – Alimentação:

Os cães vivem, em média, 12 anos, mas com os órgãos menos eficientes, o cachorro fica mais sujeito a alguns problemas podendo sofrer modificações na sua composição corpórea. Ou seja, ganham mais peso. Por isso, a dieta dos cães idosos deve ser observada e adaptada, caso seja necessário. Assim irá impedir que o animal fique obeso.

Atualmente, no mercado, existem rações especiais para cães idosos, conhecidas como Ração Senior. Os cães idosos precisam de mais cuidados com a alimentação, pois precisam de mais vitaminas e proteínas. As rações precisam ser ricas em ômega-3, zinco, proteínas, fibras e pobres em gordura. Mas em alguns casos é necessária até mesmo uma dieta especial, por isso consulte o seu veterinário.

8 – Higiene:

A higiene nos cães mais velhos é fundamental. Pois, com a idade, eles tendem a desenvolver problemas na pele e nos dentes. No entanto, deve se ter em conta que o sistema imunológico do cão diminui, por isto ele deverá tomar banho em dias ensolarados e ser secado imediatamente para evitar que se desenvolvam doenças respiratórias. Também podem sofrer de incontinência, o que torna a limpeza do lugar onde ele dorme fundamental, para que problemas de pele não apareçam. A otite é outro problema que pode se desenvolver devido a acumulação excessiva de cera. Você também deve fazer uma limpeza dentária uma vez por ano, para evitar o acúmulo de tártaros e a perda de dentes por falta de higiene.

9 – Cuidados:

Alguns cuidados são necessários para que o seu pet seja um idoso feliz e mais importante: saudável. Os check-ups no veterinário são essenciais. Vale lembrar que a mobilidade do pet é reduzida, por isso deixe a caminha em um local de faço acesso e que não bata muito sol ou vento. 

10 – Saúde:

A saúde dos  idosos tendem a ser mais frágil. Eles são menos resistentes às infecções e podem desenvolverem doenças comuns da idade. Existem várias doenças que podem ser diagnosticadas e tratadas no início, como problemas renais e de coração. É sempre bom lembrar que, mesmo idosos, os cães precisam tomar as vacinas nos períodos corretos.

Siga sempre as indicações do seu veterinário! 

Já falamos sobre a obesidade em pets, Confira!

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha