PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Afinal, gato escolhe o tutor?

Autor: Nathalia Perone
Categorizados em: Adulto Curiosidades Dicas FIlhote Gatos Não tem pet Quer mais 1 Senior Tem pet
Afinal, gato escolhe o tutor?

Quem tem um gato em casa sabe o quanto esse bichinho pode ser independente. Com isso, muitos se arriscam dizer que o gato escolhe o tutor. Mas quanta verdade este ditado carrega? Alguns gatos, por exemplo, são adotados involuntariamente após acompanhar alguém na rua. Outro comportamento muito observado pelos tutores, é a proximidade do felino com um membro da família. Será que isto pode ser uma prova de que os gatos escolhem seus tutores?

Os bichanos são seres sociáveis, ou seja, sentem a necessidade de ter uma companhia e de conviver. Assim como nós, eles optam por “escolher” quem eles se sentem mais confortáveis. Por isso eles podem se aproximar de uma pessoa mais do que se aproximam de outra.

Gatos tem donos?

Embora muito sociáveis, não podemos esquecer que os gatos são muito independentes. Eles enxergam a família de forma diferente do que nós, humanos. Para os bichanos, somos todos iguais, não existe nenhum nível de hierarquia.

Por isso, para que o felino possa se adequar à determinadas situações, existem outras formas de fazer com que ele entenda, não necessariamente utilizando o tom de ordem.

Gatos tem preferidos?

Além de muito inteligentes, existe outro fator que influencia no comportamento do seu bichinho: o extinto. Os gatos podem ser muito observadores, isso faz com que eles consigam entender um pouco mais da sua personalidade. Eles podem levar em consideração, por exemplo, com quem se é mais fácil conseguir comida e proteção.

Além disso, a própria atenção dedicada ao bichinho pode ser um fator importante para que ele acompanhe uma pessoa em específico. É importante ressaltar que o bichano pode se sentir mais confortável com uma pessoa. Nós, por exemplo, temos o mesmo comportamento: nos aproximamos das pessoas que sentimos afinidade e nos afastamos – na medida do possível – daquelas que não temos tanta afinidade assim.

É possível ganhar a confiança do meu gato?

Quem tem um gatinho em casa sabe o quanto eles têm a “personalidade forte”, não é mesmo? A forma em que ele é tratado influencia em seu comportamento. Afinal, assim como qualquer relação, a vivência com o seu gato é uma troca. Se você sente que seu gatinho não confia em você, ou gostaria de se aproximar mais dele, aqui estão algumas dicas para você:

Dê espaço ao bichano:

Embora curtam um bom carinho e atenção, os bichinhos também precisam de espaço. Reservar um cantinho da casa só para ele pode ser uma boa solução para que eles tenham esse momento de descontração. Opte por colocar brinquedos, e a caminha dele, para que ele se sinta à vontade.

Reserve um tempo para brincar com ele:

Seu gatinho precisa de atenção e carinho. É uma ótima ideia reservar um período do dia para brincar com ele. Lembre-se que ele é um ser sociável e deixá-lo o tempo inteiro só não é algo saudável.

Evite o castigo:

O castigo é uma forma de trazer uma associação negativa ao seu pet com relação a você. Existem outras formas de ensiná-lo. Você pode reforçar um comportamento positivo com uma recompensa ao invés de castigá-lo por uma ação negativa.

Seja paciente:

Demonstre afeto e seja paciente. Aos poucos, seu gatinho poderá se sentir mais seguro com você.

O importante é manter seu pet sempre feliz!

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha