PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

O pulo do gato: tudo que você precisa saber

Autor: Nathalia Perone
Categorizados em: Adulto Comportamento Criadores FIlhote Gatos Lifestyle Quer mais 1 Saúde Senior Tem pet
O pulo do gato: tudo que você precisa saber

Sua casa é um lugar seguro para seu gato? Existe um velho trocadilho que diz que o pet tem sete vidas. Mas será? Essa história permeia pois há uma discussão sobre o pulo do gato e o fato dele sempre cair em pé. Os felinos possuem a habilidade de dar saltos de alturas elevadas e sairem ilesos.

O pulo do gato

O sistema vestibular  do felino, responsável pelo equilíbrio, é muito sensível e apurado. Ele fica localizado dentro do ouvido do gato. Assim, ele consegue alinhar-se no ar para cair sobre suas patas. 

Durante o salto, o cérebro do animal capta as informações da visão e as envia em forma de sinais elétricos para o labirinto do ouvido e ao sistema locomotor. Então, durante a queda, o pet vira a cabeça e depois o tronco para a posição correta em uma fração de segundos.

Gatos obesos

Como nem tudo é perfeito, existem exceções. O peso do animal pode influenciar diretamente no impacto. Por mais que ele consiga cair em pé, quanto mais pesado for o bichano, maior o impacto sobre o corpo. Isso aumenta o risco de fraturas dos ossos ou lesões na musculatura e articulações durante o pulo do gato obeso. Isso também pode acontecer com os chamados gatos gigantes. Raças consideradas gigantes como o Maine Coon podem se enquadrar neste caso, pois seu porte o favorecem. 

Altura

Em uma queda livre, devemos levar em conta que a altura determina a velocidade da queda. Por incrível que pareça, algumas vezes é mais seguro que o gato caia de lugares mais altos.

Durante o salto, ele vai alinhar as patas na horizontal e relaxar a musculatura. Essa posição fará com que, ao tocar o chão, haja um amortecimento do corpo do animal.

Porém em alturas inferiores a 7 metros, é possível que seus músculos ainda estejam enrijecidos.

A Síndrome Vestibular Felina

A doença, como o próprio nome já diz, acomete o Sistema Vestibular do animal. Alguns dos sintomas da doença é a falta de equilíbrio e a tendência a queda para os lados. Pois, compromete o equilíbrio do bichano. Em alguns casos, é possível que o pet apresente falta de sustentação dos membros, vômitos, queda de pelos e até mesmo anorexia. Caso seu gato apresente alguns sintomas, é importante procurar um veterinário. Pois, são inúmeras as causas do problema e a patologia pode acarretar outras mais graves.

Segurança

O pulo do gato: tudo que você precisa saber

Por mais que saibamos que o bichano possui naturalmente a habilidade de saltar, é importante prevenir lesões. Se você mora em prédio ou então em casas muito altas, coloque redes protetoras nas janelas. Porque o  gato possui por extinto a necessidade de escalar e procurar esconderijos em lugares altos. E, em geral, gostam bastante de ficar nas janelas.

Observe a disposição dos móveis e objetos da casa. Pois, apesar das habilidades do felino, nada o impede de cair sobre objetos pontiagudos ou que possam machucá-lo de alguma forma. A atenção deve ser redobrada para filhotes e idosos.

Veja nosso anúncio de redes protetoras para janelas.

Quer saber como preparar sua casa para a chegada de um bichano? Leia nosso artigo.

Cadastrando o seu e-mail na nossa newsletter você recebe conteúdos exclusivos.

O pulo do gato: tudo que você precisa saber
autor

Nathalia Perone

Jornalista, apaixonada por animais. Mãe do terrível Nicolas (Nick para os mais íntimos), um poodle branco que é só amor. Em seu tempo livre, adora parques, uma boa conversa entre amigos e cantar no chuveiro.

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha