PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Gatos agressivos: Como lidar?

Autor: Carolline Guarche
Categorizados em: Adulto Comportamento Dicas FIlhote Gatos Senior Tem pet
Gatos agressivos: Como lidar?

Os gatos podem ser agressivos, donos de uma personalidade forte, esse comportamento pode ser causado por diversos fatores. Os gatos, mesmo quando são carinhosos, escondem certo grau de agressividade que, às vezes, pode se voltar contra seus tutores. Isso não é o mais comum, mas pode acontecer. Normalmente, nessa situação, os tutores acabam aceitando e não procuram por ajuda. Mas é preciso saber que há algo de errado com o felino que age assim.

Motivos para o gato ser agressivo:

Alguns dos principais fatores que tornam um gato agressivo são: Proteção, medo de algo desconhecido ou de um barulho. Cada animal tem seu motivo, mas é preciso observar.

Medo:

Ao contrário do que acontece com os cães, a domesticação dos gatos não é completa. Eles podem facilmente voltar à sua origem selvagem. Se o gato é adotado e tem apresentado episódios de agressividade, é possível que anteriormente ele tenha sido maltratado.

Dedique um tempo, deixe-o se adequar ao novo ambiente.

Estresse:

Seu gato pode não estar acostumado a certas circunstâncias. Por exemplo, ele pode ter feito uma travessura e, quando você o chamou para dar uma bronca, ficou agressivo. É uma situação incomum para ele e, ao não saber como reagir.

Se o seu gato tem uma tendência a ser agressivo por estresse, tente apresentar as coisas para ele de maneira gradativa, de modo que não seja um choque muito grande para ele.

Agressão redirecionada:

Quando são atacados por uma pessoa ou um outro gato que os intimida, é possível que o gato descarregue sua raiva contra uma pessoa, para que se sintam mais fortes. Deixe claro desde o princípio a hierarquia do sistema, fazendo-o ver que o chefe é você, sem deixar de lado sua dose de amor correspondente.

Carinhos:

Talvez tenha acontecido de você acariciar seu gato e, de repente, ele ficar agressivo como se estivesse louco. Isto pode ser devido a várias razões:

  • É uma maneira de dizer “já foi suficiente, obrigado”.
  • Estava meio dormindo e acordou assustado e na defensiva.
  • Que seu gato ainda não se socializou bem.

Você pode notar que o seu gato não está confortável enquanto recebe carinhos se ele para de ronronar, abana o rabo de lado a lado ou contrai o lombo ligeiramente para trás. Se observar um desses sinais, o melhor a se fazer é se levantar para que ele saia e não parta pra cima de você.

Gatos Ferais:

Ferais é o termo que designa um indivíduo de uma espécie doméstica que nunca conviveu com seres humanos e, por isso, retornou ao seu estado selvagem. Ele pode ter sido abandonado muito jovem ou ser filho de um animal doméstico que foi abandonado e, portanto, cresceu sem contato com pessoas, aprendendo a temê-las e sobreviver sem ajuda.  Na maioria das vezes os gatos não são completamente selvagens pois ainda dependem de pessoas para alimentar-se, tanto de alguém que alimenta os gatos da área uma vez por dia, restos de um restaurante ou lixo domiciliar próximo. Poucos gatos ferais sobrevivem apenas de caça em ambientes urbanos.

Como adestrar um gato agressivo?

Arranhões podem machucar, mas tenha cuidado para não deixar seu gato com a impressão de que ele pode afiar as garras nas suas mãos ou braços, sempre o repreendendo com a palavra “não” e tirando o braço do alcance dele.

Caso o seu gato comece a demonstrar agressividade com você ou até com outros pets da casa e, após a visita ao veterinário, ele não apresentar nenhum problema de saúde, examine a sua casa e a rotina da família para verificar se, na verdade, o comportamento agressivo do seu gato não está sendo causado por estresse.

Adestrar um gato agressivo é questão de paciência e atenção. Repita o comando “não” sempre que seu felino se comportar de maneira inadequada e mostre o que ele está fazendo de errado, além de sempre recompensá-lo com brinquedos ou petiscos quando ele se comportar bem. Na dúvida de como adestrar um gato irritado, não hesite em consultar um profissional em comportamento animal.

Brinquedos para gatos agressivos:

A agressividade do seu gato pode estar sendo impulsionada por excesso de energia acumulada e, para isso, o mercado pet oferece uma porção de brinquedos educativos que podem te ajudar a amenizar esse problema.

Tenha sempre em mente que seu felino faz parte de uma espécie caçadora, portanto ele sempre precisa de distrações e atividades que o auxiliem a gastar energia. Brinquedos com catnip, a erva do gato, são as melhores opções para relaxarem um gato estressado, pois a erva, que é comprovadamente saudável aos felinos, pode acalmá-lo ao mesmo tempo que o brinquedo o distrai.

Como acalmar seu gato quando ele fica agressivo:

  • Pistola de água. Os gatos odeiam água, portanto, ter uma pistola de água na mão é uma boa ideia. Ela será bem útil caso gato prepare um ataque contra você ou se estiver lutando com outro gato, para separá-los.
  • Afaste-se. Saia do cômodo e feche a porta para deixar o animal sozinho por uns 20 minutos. É provável que, quando abrir a porta, ele já tenha se esquecido de tudo e venha correndo para brincar em suas pernas novamente.
  • Coloque-se a sua altura. Se você acha que seu gato ainda não está muito irritado, abaixe-se ao seu nível e não olhe fixamente para ele, pois isso poderia fazê-lo se sentir ameaçado. Estar na mesma altura dele fará com que com diminua a visão ameaçadora que tem de você naquele momento.
  • Ignore-o. Dizem que não há desprezo maior que a indiferença. Pare de dar bola para seu gato quando ele estiver disposto a te atacar, com isso é possível baixar a poeira e seu ar de grandeza e, pouco a pouco, ele esquece por que estava irritado e queria ser agressivo.
  • Guloseimas. Sente-se no chão com suas guloseimas preferidas. Deixe que ele veja mas não dê para ele. Deixe que seja ele quem se aproxima de você.

É importante que o tutor esteja atento e, a qualquer sinal de agressividade exagerada, consulte um veterinário de confiança.

Como dar banho em gato bravo?

O banho nos gatos agressivo é complicado!

Muitos deles não gostam de água e o temperamento do animal pode atrapalhar ainda mais este processo. No geral, o banho de gato não é tão necessário, já que os felinos se limpam diariamente. Mas, existem condições onde é preciso dar banho no animal.

É importante que o pet se sinta tranquilo, sem que você o force. A temperatura da água é algo que irá ajudar ou piorar! Mantenha-a quente, mas não muito!

O ideal é acostuma-lo desde filhote, assim o banho não será estressante.

Distrai-o neste momento, faça carinho e brincadeiras. Quando o pet estiver tranquilo, coloque-o aos poucos na água, mas sempre mantendo os agrados.

Gato filhote bravo: como resolver?

Cada gato tem sua personalidade, assim como nós! É possível identificar estas características desde as primeiras semanas de vida do felino, por isso aproveite está fase para adapta-lo a outros bichinhos e as brincadeiras.

Já falamos sobre cães agressivos, Confira!

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha