PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

6 sinais de comportamento para ficar atento

Autor: Paula Semer
Categorizados em: Adulto Cachorros Comportamento Dicas FIlhote Quer mais 1 Senior Tem pet
6 sinais de comportamento para ficar atento

Machucados, manchas na pele, falta de apetite… Diante de sinais evidentes como esses, a gente corre para acudir o pet e resolver logo o problema, não é? Mas algumas manifestações podem passar despercebidas ou serem negligenciadas por não sabermos do que se trata, principalmente quando se refletem no comportamento do peludo. Entretanto, se o seu animal de estimação apresentar alguma delas, não deixe de leva-lo ao veterinário.

Apatia

Seu parceiro de quatro patas está amuado e não se anima para nada? Não é mau-humor, mas, possivelmente, algum mal-estar. Quando sentem desconforto, os cães ficam mais abatidos e os gatos permanecem escondidos – como se esconder é habitual no caso dos felinos, note também se ele está se alimentando normalmente, já que a perda de fome é outro sintoma de doenças nos animais.

Empurrar a cabeça contra a parede

Não é uma brincadeira. Diversas doenças podem estar associadas a esse comportamento, como tumores no cérebro, enfarte, traumatismo craniano e enfermidades metabólicas. Corra para o veterinário: o diagnóstico precoce aumenta as chances de cura!

Andar em círculos

Em excesso e repetidamente, esse comportamento também pode indicar a presença de algum problema neurológico. Se o animal já estiver velhinho, talvez seja reflexo de algum tipo de demência. Outra hipótese é a de compulsão ou obsessão. Um especialista poderá diagnosticar com precisão.

Correr atrás do rabo

Comum entre os cachorros, a perseguição do próprio rabo merece atenção, pois indica tanto desequilíbrios na saúde como no comportamento. Pode ser um sinal de ansiedade, compulsão, machucado no rabo, alergia, busca por atenção do tutor ou mesmo problema neurológico.

Arrastar o traseiro

Talvez você já tenha visto um cachorro fazer esse movimento, que chega a ser engraçado: o animal se senta e arrasta o traseiro no chão. Por trás dessa atitude, no entanto, pode haver incômodos nem um pouco divertidos, como inflamações no ânus e vermes.

Falhar na autolimpeza

Os gatos, você sabe, são impecáveis com a higiene e se limpam com a língua. Quando um mascote que tem esse hábito começa a ficar relapso e a deixar os banhos de lado, vale conferir se a saúde dele vai bem.

Já falamos sobre doenças comuns e perigosas em pets, Confira

6 sinais de comportamento para ficar atento
autor

Paula Semer

Paula Semer é jornalista, está em São Paulo, escreve livros para crianças e dá aulas de yoga. Depois de anos sem pensar em cachorro, acaba de se apaixonar perdidamente por um novo filhote!

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha