PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Qual a melhor ração para gatos?

Autor: Rabech Mendes
Categorizados em: Adulto Alimentação FIlhote Gatos Quer mais 1 Saúde Senior Tem pet
Qual a melhor ração para gatos?

Na hora de decidir qual ração escolher para o seu gato, muitas dúvidas podem surgir. Existe uma enorme variedade de produtos e nem sempre é fácil entender qual a diferença entre eles. Nós vamos te ajudar a descobrir qual a melhor ração para gatos!

Proteína: item indispensável na dieta do seu gato

A necessidade de proteínas na dieta é algo comum a todos os gatos. Existem dois aminoácidos que o organismo do felino não é capaz de produzir: a arginina e a taurina. Ambos nutrientes são encontrados em níveis consideravelmente altos na proteína de origem animal.

A proteína é também o ingrediente mais caro para os fabricantes, que buscam alternativas mais baratas. Estas alternativas não oferecem o valor nutricional da proteína de qualidade.

O rótulo dos alimentos para animais deve seguir as normas estabelecidas pelo Ministério da Agricultura. Ele deve conter as seguintes informações: composição do alimento, níveis de garantia e modo de usar. Antes de escolher um pacote de ração para o seu felino, é importante que você preste muita atenção ao rótulo. Somente assim você saberá se o produto escolhido irá suprir as necessidades nutricionais do seu gato.

Fique de olho na lista de ingredientes

Preste atenção na ordem que os ingredientes são listados. A lista começa do ingrediente em maior quantidade na composição, para o em menor quantidade. Idealmente, a proteína deve ser o principal ingrediente da ração para gatos.

Evite rações coloridas

Em geral, rações coloridas são facilmente encontradas tanto em lojas especializadas em pets, quanto em mercados comuns. No entanto, é recomendado que você evite oferecer este tipo de ração para o seu gato. Sua composição contém corante, sal e temperos, ingredientes que, a longo prazo, podem causar problemas na saúde do felino. Ele pode vir a desenvolver doenças de trato urinário e renal, doenças de pele e perda de pelo. Opte sempre pelas rações sem corantes e conservantes.

Escolha a ração adequada para o seu gato

Os gatos precisam de uma nutrição adequada para cada fase da vida: filhote, adulto ou idoso. Portanto, na hora de escolher a ração do felino, leve em conta se a mesma é adequada para a idade dele.

Lembre-se que existem outros fatores que devem ser levados em conta. Gatos com peso acima ou abaixo do normal, com problemas de saúde e também os que foram castrados devem ser alimentados com rações adequadas para suas condições. Para verificar a necessidade de uma dieta específica, conte com a orientação de um médico veterinário.

Tipos de ração

Ração comum

A ração comum ou standard é a mais popular, sendo facilmente encontrada. Este tipo de alimento possui proteínas de qualidade inferior e, em geral, conta com uma alta quantidade de sal, corantes e conservantes em sua composição. Por ter uma fórmula pobre em proteína e nutrientes, o gato vai precisar ingerir uma quantidade maior de alimento para suprir sua fome e necessidade nutricional. Esse tipo de ração tem uma digestibilidade inferior, o que significa que o organismo do felino irá absorver um baixo percentual dos nutrientes. Isso levará o felino a produzir uma quantidade maior de fezes, uma vez que muito do que foi ingerido não foi absorvido por seu organismo.

Ração Premium

São produtos de qualidade superior, quando comparados às rações standard. Justamente por isso, podem ter um valor ligeiramente mais alto. Sua fórmula é baseada em carne de frango, ovelha, peru etc. Também pode conter resíduos de abatedouro, como miúdos de frango. Esses ingredientes de origem animal têm maior digestibilidade, ou seja, o trato digestivo do animal irá metabolizar o alimento mais facilmente. Devido a esta digestibilidade elevada, o consumo diário será menor. Assim como as rações standard, os produtos classificados como Premium também podem conter conservantes, corantes e palatabilizantes, responsáveis por deixar o alimento mais saboroso, em sua fórmula.

Esses ingredientes de origem animal têm maior digestibilidade, ou seja, o trato digestivo do animal irá metabolizar o alimento mais facilmente, o que consequentemente diminui o nível de consumo diário do alimento.

Ração Super Premium

Este tipo de alimento tem a proteína animal como seu principal ingrediente. As rações Super Premium possuem os ingredientes de melhor qualidade. Podem ser encontradas em variações adequadas para cada fase do animal e em versões para raças específicas. Os maiores benefícios deste tipo de ração são a presença de conservantes naturais e a fórmula livre de corantes e palatabilizantes.

Dicas Para Comprar Uma Boa Ração Para Gatos:

  • Fique atento à lista de ingredientes
  • O alimento deve ser rico em proteínas e lipídeos de origem animal
  • O percentual de carboidratos deve ser baixo
  • Opte por rações livres de conservantes e corantes artificiais
  • Escolha a ração indicada para a fase de vida do gato (filhote, adulto ou idoso)
  • Consulte um veterinário antes de comprar rações específicas, como as indicadas para gatos obesos ou com problemas no trato renal ou urinário

Conheça os ingredientes da ração do seu gato

  • Fibra: esta é a porção da ração que não será digerida pelo felino. A fibra atua no bom funcionamento do intestino, favorecendo a absorção de nutrientes. – Valor/Quantidade: 4.5% (máx.)
  • Proteína: estas cadeias de aminoácidos são necessárias para a formação de todas as células do corpo. Além disso, também são essenciais para a formação de enzimas, anticorpos e alguns hormônios. – Valor/Quantidade: 28% (mín.)
  • Taurina: aminoácido essencial para os gatos. A falta do mesmo pode afetar a saúde do felino, levando-o a apresentar problemas cardíacos, oftálmicos e reprodutivos. –  Valor/Quantidade: 1.000 mg/kg (mín.)
  • Arginina: é um aminoácido que tem um papel fundamental na divisão celular, cicatrização de feridas, remoção de amônia e no fortalecimento do sistema imunológico. É responsável pela proteção do corpo do seu gato, sendo importantíssimo componente da dieta.
  • Vitaminas: existem diversas vitaminas, cada uma tem sua função na dieta do felino. As vitaminas atuam na prevenção de doenças e infecções, além de ajudarem no crescimento, absorção de cálcio, visão e outros.
  • Farelo de peixe: este é um ingrediente, não um nutriente. Pode ser substituído por vários outros produtos, como a farinha de carne e ossos ou de vísceras. – Valor/Quantidade: Não existe quantidade mínima recomendada.
  • Extrato etéreo: quantidade total de gordura, que é medida por meio da extração com éter. Além de servir como fonte de energia, a gordura ajuda na absorção de vitaminas e na geração dos ácidos graxos necessários.– Valor/Quantidade: 8% (mín.)
  • Energia: se trata da caloria presente na ração. A quantidade ideal vai variar de acordo com as necessidades e características do seu gato.
  • Umidade: é a quantidade de água presente na ração.- Valor/Quantidade: 12% (máx.)
  • Matéria mineral: refere-se ao total de minerais que estão presentes na composição do alimento. Também pode ser chamada de cinzas”. Esses compostos inorgânicos compõem os dentes e ossos do animal. Além disso, os minerais ajudam nos músculos, células sanguíneas e sistema nervoso.– Valor/Quantidade: 10% (máx.)
  • Fósforo: este é um dos minerais que fazem parte da composição do alimento. Ele é, em conjunto com o cálcio, constituinte dos ossos. – Valor/Quantidade: 0,5% (mín.)

Qual a principal comida para gatos: Carne ou vegetais?

Gatos são carnívoros, o que significa que a saúde deles depende do consumo diário de proteína de origem animal. Ela contém grande parte dos nutrientes essenciais para o gato.

Veja a diferença na hora de avaliar a proteína na ração para gatos

Quando o rótulo lista “Carne”, significa que a ração contém carne de animais abatidos. Miúdos como coração, língua, esôfago, diafragma, bem como músculo esqueleto estriado, pele, gorduras sobrepostas e nervos e vasos sanguíneos também podem estar inclusos.

Quando o rótulo lista “subprodutos de carne ou frango” dentre os ingredientes, significa que a ração contém órgãos e demais partes do animal abatido na composição, sendo que a carne não está inclusa. Dentre estes subprodutos estão: rins, fígado, pulmões, estômago, baço, cérebro, tecido adiposo, sangue e ossos.

O que procurar na hora de escolher a ração?

Opte por produtos livres de cereais, como o arroz. O sistema digestivo dos felinos não foi feito para lidar com a digestão de carboidratos desnecessários. Além disso, evite milho, soja e demais ingredientes que não oferecem o valor nutricional necessário para os felinos.

O que evitar?

  • Conservantes: quanto melhor a qualidade do produto, menor a necessidade de conservantes em sua composição. Vale lembrar que os conservantes químicos não são confiáveis. De fato, alguns são proibidos para o consumo humano.
  • Corantes: o único objetivo da adição de corantes é tornar a ração visualmente mais atrativa para os seres humanos, dando a impressão de que o produto contém uma grande quantidade de carne, no caso do corante vermelho, de vegetais, no caso do corante verde etc. Ou seja, os corantes são desnecessários e não adicionam qualquer valor nutricional à dieta dos felinos.

Agora que você já sabe como escolher a ração, que conferir nossa seleção de melhores areias biodegradáveis? Confira agora!

Qual a melhor ração para gatos?
autor

Rabech Mendes

Rabech Mendes é jornalista e vive em São Paulo com seus quatro gatos: Anouk, Romeo, Coraline e Theodore. Em seu tempo livre gostar de escrever músicas, tomar chá e aprender coisas novas.

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha