PARA ANUNCIAR CLIQUE AQUI | GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Gato precisa de taurina na ração?

Autor: Carolline Guarche
Categorizados em: Adulto Alimentação FIlhote Gatos Quer mais 1 Senior Tem pet
Gato precisa de taurina na ração?

A taurina é essencial para o funcionamento correto do coração, visão, sistema digestivo e reprodutor dos gatos. Ao contrário de outros mamíferos, como os cães, por exemplo, os gatos não conseguem produzir sozinhos a quantidade necessária desse aminoácido. Entenda porque os gatinhos necessitam desse nutriente em sua dieta. Confira nossas dicas para não faltar taurina na alimentação do bichano.

Mas afinal, o que é a taurina?

Em 1826, foi descoberto que há uma quantidade generosa de taurina na bile – substância produzida no fígado- dos animais bovinos. Este aminoácido enriquecido com enxofre também pode ser encontrado nos músculos dos animais. Ela atua como antioxidante, ou seja, protege as células sadias e, ainda por cima, regula a água e o sódio nas células de todo o corpo. Também estimula o crescimento muscular, ajuda na produção de bile, entre outras funções.

Como a taurina age no organismo do gato?

A Taurina é um aminoácido e sua função é fisiológica ou seja: importante e necessária para o organismo.  Atua desde o bom funcionamento das células à proteção da pele do animal. Permitindo que o fígado trabalhe melhor e ajudando na formação de sais biliares, o que permite a digestão de gorduras ou outras substâncias.

 Além do papel importante no sistema digestivo do animal, a taurina ainda melhora o funcionamento cardíaco e de todos os músculos do corpo. Tem ação antibacteriana na pele do animal, funciona como uma espécie de capa protetora. A taurina também é ótima para a visão, crescimento, reprodução, proteção contra radicais livres e é um antioxidante contra o envelhecimento. Ela também ajuda na audição, atua na musculatura esquelética, participa das funções cardíacas e vasculares e na imunidade. Incrível, não é mesmo?

A importância da taurina na alimentação dos gatos

De olho na alimentação do gato!

Os gatos são carnívoros. Isso significa que seu organismo necessita de alguns nutrientes que só são encontrados em tecidos animais. A taurina é um deles – em cada refeição, um gato deve ingerir de 200 a 300 mg desse aminoácido.

Algumas rações não possuem a quantidade adequada desse aminoácido em sua composição. Elas são produzidas por alguns grãos e para compensar a falta natural da taurina, acabam adicionando o composto a partir de fontes artificiais.

Procure sempre comprar as rações mais naturais e com mais carne em sua composição. Atente-se à lista de ingredientes na embalagem, se estiver escrito que possui taurina (como se fosse um ingrediente separado) é um sinal de que ela foi adicionada artificialmente.

Muita gente costuma oferecer a mesma ração para cachorros e gatos, mas os cães não possuem a mesma necessidade de taurina que os felinos. E, por conta disso, os alimentos que são vendidos para os cachorros não possuem taurina em sua composição. Você pode (e deve) continuar alimentando seu peludinho com ração. No entanto, é importante oferecer uma dieta balanceada para que ele se desenvolva de uma forma saudável e feliz.

Quais alimentos têm taurina naturalmente?

Frango: em especial as patas, onde existem mais presença da taurina. O fígado também é muito bom. Não se deve dar pele ou gordura, a taurina é encontrada no músculo.

Carne bovina: O fígado do boi contém altas doses de taurina, assim como o coração. É importante que saiba que a taurina perde-se quando é exposta a altas temperaturas, em especial a taurina presente na carne e vísceras. Por tanto, alguns alimentos devem ser dados crus.

Ovos: Os ovos e produtos láteos também contam com uma boa dose de taurina.

Peixes e frutos do mar: Camarões também têm ainda mais quantidade desse aminoácido do que outras proteínas animais. Estes são excelentes alimentos para que o seu gato tenha a quantidade de taurina necessária.

ATENÇÃO: gatos podem ser veganos?

A alimentação vegana ou vegetariana pode provocar carência de substâncias e, consequentemente podem levar a graves doenças. Alguns alimentos de origem vegetal como a beterraba e o feijão possuem taurina, mas em uma quantidade muito baixa e insuficiente para o animal. E, as dietas pobres em taurina acarretam graves problemas de saúde para os felinos.

Deficiência de taurina em gatos

A deficiência de taurina acomete gatos com dieta vegetariana ou que recebem em sua alimentação a ração para cães, na qual não tem a quantidade necessária de taurina, pois a quantidade de proteínas é menor nessas rações.

Dessa forma, a deficiência de taurina está associada a alterações no organismo que, se não tratada, leva às patologias como:

  • Degeneração central da retina dos felinos – DCRF;
  • Cardiomiopatia dilatada dos felinos – CMD;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Alterações congênitas;
  • Resposta imune inadequada;
  • Falhas reprodutivas (baixo número de fetos, reabsorção fetal, abortos);
  • Desenvolvimento fetal insuficiente (baixo peso ao nascimento, baixo crescimento neonatal, baixa taxa de sobrevivência dos filhotes);
  • Hiperagregação plaquetária

Já falamos aqui sobre alimentação natural para pets. Leia mais!

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha