CLIQUE AQUI E ANUNCIE GRÁTIS :: PETS E SERVIÇOS

Alimentação natural para pets: é possível?

Autor: Paula Semer
Categorizados em: Adulto Alimentação Cachorros Dicas FIlhote Gatos Quer mais 1 Saúde Senior Tem pet
Alimentação natural para pets: é possível?

Uma alimentação saudável protege seu companheiro de uma série de problemas.

Você é uma pessoa atenta à própria alimentação e à cadeia produtiva da comida que bota no prato? Então já deve ter se perguntado por que dar comida industrializada e transgênica ao seu gato ou cachorro. Mas é no rastro desse questionamento que a alimentação natural (AN) para animais vem sendo estudada mundo afora desde os anos 1950.

Hoje se sabe que as rações industrializadas podem conter substâncias como BHA e BHT, conservantes classificados como cancerígenos pela Organização Mundial de Saúde. Há inícios ainda de que a obesidade dos peludos, assim como níveis mais altos de colesterol e triglicérides, pode estar relacionada a esse tipo de ração. Tem mais: uma alimentação natural fornece mais água, ingrediente fundamental para a saúde dos bichos, que não é suficiente nas bolinhas secas. Problemas como cálculo renal podem estar associados ao consumo desse tipo de alimento.

Alimentação natural não quer dizer dar resto de comida ao seu mascote

Uma comida feita para humanos. Na verdade, ela se baseia em conhecimentos nutricionais e fisiológicos para oferecer ao animal todos os nutrientes que ele precisa. Sem aditivos químicos. Preparar um bolinho de cenoura ou um biscoito de abóbora para o seu companheiro dá mais trabalho, é verdade. Mas quem opta pela alimentação natural observa mudanças como redução de mau hálito e da queda de pelo nos pets. Além de ser uma delícia para o paladar do bicho. Falta tempo e disposição para preparar e armazenar tudo? É possível usar serviços especializados em preparar refeições com ingredientes naturais, caso do La Pet Cuisine, em São Paulo, e da PetChef, no Rio de Janeiro. Existem também as rações naturais, que não deixam de ser ração, mas não levam corantes e conservantes na fórmula.

Entre os veganos, que não consomem nada de origem animal por questões éticas, a coisa fica ainda mais complexa. É comum se questionar se é certo alimentar o bicho com carne de outros animais. As opiniões, nesse caso, se dividem. O mais importante é se informar e consultar um veterinário para identificar o tipo de dieta ideal para ele. O peludo deve estar saudável e será necessário passar por um período de adaptação. Quem fez essa escolha garante que vale o esforço!

A alimentação é apenas uma das maneiras de manter o pelo do seu pet saudável. Confira outras!

Confira nosso anúncio de alimentos naturais! 

Cadastrando o seu E-mail na nossa newsletter você recebe conteúdos exclusivos.

Alimentação natural para pets: é possível?
autor

Paula Semer

Paula Semer é jornalista, está em São Paulo, escreve livros para crianças e dá aulas de yoga. Depois de anos sem pensar em cachorro, acaba de se apaixonar perdidamente por um novo filhote!

— veja abaixo o resultado da busca ou refine sua pesquisa no painel esquerdo—

Filtrar
271 resultado(s)
38 resultado(s)

Qual dos FILTROS você quer usar?

Qual a faixa etária do pet?

Quer receber dicas animais?

Melhores amigos sabem tudo um do outro :-) Inscreva-se e receba notícias, dicas e promoções. A gente adora contar novidades!

Selecione abaixo como quer compartilhar este conteúdo
Fechar Um e-mail foi enviado para você redefinir sua senha